O que é estratégia - Série Estratégias Organizacionais (1/4)

Assista à primeira aula da série “Estratégias Organizacionais”, com Marcelo Marques. Se preferir você pode ouvir nosso podcast falando sobre este mesmo tema e fazer o download do material de apoio.

Escute o podcast sobre o tema:

Material de apoio :

O que é estratégia?

Se você pensa que estratégia é só para as grande empresas, está enganado. Mesmo os pequenos empreendedores devem saber o que é e como definir sua estratégia.

“De maneira bem resumida, a estratégia seria uma ponte que liga a situação atual do seu negócio à situação futura desejada.”

Você precisa fazer um diagnóstico da sua situação, do seu momento atual. E isso se aplica à esfera profissional e pessoal.

“Eu, empreendedor, preciso enxergar a minha situação atual, fazer um diagnóstico. E, então, olhar para o ambiente, para as condições políticas, para as oportunidades.”

Quando você enxerga essas oportunidades, vê uma possibilidade de aproveitamento dessas oportunidades. Para isso, você precisa tomar decisões no presente daquilo que você precisa alcançar no futuro.

“A estratégia vai, na realidade, manobrar o seu curso de ação. Do momento em que você está até o momento que você deseja estar no futuro.”

A origem do termo estratégia

Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de 100 batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas…

A declaração acima é do general chinês Sun Tzu e serve para entender a origem do termo “estratégia”. Marcelo Marques analisa cada trecho abaixo.

“Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de 100 batalhas.” – O inimigo é “lá fora”, o mercado, as tecnologias, o ambiente. As oportunidades que se manifestam fora da empresa. Conhecer a si mesmo é olhar para dentro da sua empresa. É fazer um diagnóstico das potencialidades e fraquezas.

“Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota.” – Para cada vitória haverá uma derrota. Ou seja, eu fiz uma análise interna, sei exatamente o que eu tenho de força e fraqueza. No entanto, eu não estou olhando para o futuro. Eu não estou fazendo uma análise externa.

“Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas…” – Se eu não olhei para dentro do meu negócio e também não fiz uma análise externa, vou perder em todas as batalhas. Eu não sei o que eu tenho nem o que tem lá fora.

Próximas aulas

Assista às próximas aulas da série “Estratégias Organizacionais”, com Marcelo Marques.

Confira a programação:

11/06 – Análise SWOT para pequenas empresas: o que muda e como fazer

18/06 – O que é Matriz BCG? Entenda como fazer

25/06 – As Cinco Forças de Porter e Como Aplicá-las no seu Negócio

Confira também um guia completo, com 60 vídeos gratuitos que vão turbinar seu negócio!

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *