Proposta comercial: como fazer e melhores práticas

A proposta comercial é um fator essencial no processo de venda. Se você é empreendedor, freelancer ou até um funcionário que trabalha com vendas, deve ficar atento a como está fechando seus negócios.

Você sabia que uma proposta comercial bem feita pode aumentar exponencialmente seu retorno financeiro? Para conquistar mais clientes e assinar mais contratos, aumentando seu faturamento, você precisa de uma proposta comercial excelente. E é isso que vamos te ensinar nesse artigo!

Mas, antes, um detalhe. Não estamos falando aqui da apresentação, normalmente em Power Point, dos seus produtos e serviços. Isso você faz durante a prospecção e negociação com o cliente. A proposta comercial, como vamos ver a seguir, é o que vem depois disso. É a assinatura e validação do que foi acordado.

Proposta comercial

O que é uma proposta comercial?

Depois de reuniões com o cliente, adequação dos produtos e serviços, toda aquela negociação, pronto, você fechou a venda. Feito isso, será preciso elaborar a proposta comercial para o cliente assinar.

Basicamente, é um documento que explica detalhes do seu produto ou serviço, o que será oferecido, por quanto tempo, quais os direitos e obrigaçõe seus e do cliente. Dentre outras informações.

Guarde essa definição:

Proposta comercial é o planejamento da solução que sua empresa traz para o problema do cliente.

Sua proposta comercial deve ser clara e objetiva. É preciso mostrar com a maior clareza possível como você atenderá às necessidades daquele cliente. Dê a ideia de que é exatamente aquilo que o cliente precisa. Mas, cuidado para não extrapolar e parecer propaganda enganosa.

Sua proposta tem que ser perfeita para o cliente. E, por isso, de preferência, sempre personalizada. Esse documento formaliza a negociação e deve ser bem estruturado e organizado, além de honesto.

Como fazer sua proposta comercial?

Na internet, há vários sites que oferecem modelos prontos de propostas. Se quiser usar um deles, procure apenas partir do modelo para criar o seu próprio. Sites como o Canva e o Trakto são bons para isso. Mas lembre-se que o cliente não vai gostar de ver uma proposta repetida de dois fornecedores.

Por isso, você precisa criar o seu modelo de proposta e ir adaptando de forma única e exclusiva para cada cliente. Para te ajudar nessa tarefa, listamos 12 passos para elaborar uma ótima proposta comercial. Atenção ao que não pode faltar!

1. Formato

Esse é o primeiro passo para você começar! Pense em como você gostaria de levar essa proposta ao cliente. Impressa em uma pasta personalizada? Online em um pen drive ou compartilhada na nuvem?

Qual será o layout? Você prefere um formato de documento ou dar a ela uma cara de apresentação? Em que lugar ficará o logo da sua empresa? Haverá anexos e links?

Sim, são muitos detalhes. Para não se perder, você pode estabelecer um esqueleto e ir fazendo ajustes ao longo da elaboração. Com certeza surgiram insigthts e referências que poderão agregar posteriormente.

2. Capa

Que tal conquistar o cliente antes mesmo dele abrir a proposta? Com uma capa personalizada você consegue isso. Invista em um layout de acordo, faça uma capa estilizada, com uma boa apresentação visual.

Se for impressa, invista em um papel mais duro para a capa. E não esqueça da logomarca da sua empresa. Utilize um visual que chame a atenção do cliente. É importante fortalecer sua identidade logo de início.

3. Primeira página

É um resumo bem breve das duas partes envolvidas (contratante e contratada), e do que se destina a proposta comercial. Na primeira página, geralmente você se dirige à pessoa que vai assinar em nome da empresa contratante. O serviço é resumido de forma objetiva.

Veja um exemplo:

À (nome da empresa contratante), aos cuidados de (nome do responsável na empresa contratante), apresentamos nossa proposta de serviço de consultoria.

Atenciosamente, (nome do vendedor)
(sua empresa – contratada)

4. Índice

Dependendo do número de páginas, seu cliente pode ficar perdido. Por isso, sua proposta comercial precisa ter um índice (ou sumário). Liste os temas abordados e as respectivas páginas, para otimizar uma possível busca.

Essa é uma forma de deixar mais organizado e informar o cliente sobre o tamanho da sua proposta. Lembrando que você pode concluir essa etapa quando terminar o documento todo.

5. Introdução

A introdução é parte muito importante. É onde você vai fazer sua apresentação e contextualizar o cliente sobre você e seus serviços. É uma abordagem geral do projeto.

Aqui você vai incluir um resumo das características da sua empresa, há quanto tempo atua, quais suas especialidades, unidades e outras informações relevantes. Pode dar uma visão geral dos serviços do seu portfólio, as soluções que você oferece.

Para organizar melhor, separe dois campos: “Sobre a sua empresa” e “Sobre o serviço”. Assim você resume objetivamente quem é sua empresa e como determinado serviço pode colucionar um problema da contratante.

6. Conteúdo

Essa é a parte em que você vai colocar todos os detalhes da sua proposta comercial. É o desenvolvimento do projeto. Para isso, alguns pontos são essenciais. Confira a checklist:

Argumentação – Explique por que o cliente deve contratar o seu serviço, quais os benefícios que isso trará e qual o diferencial da sua empresa. Seja objetivo e claro ao relatar como o cliente vai se beneficiar optando por seus serviços e não pelos de outra empresa.

Escopo – Deve explicar detalhadamente as características do serviço ou produto.

Cronograma – Estabeleça prazos mínimos e máximos. Explique em quanto tempo cada parte descrita vai ficar pronta e será entregue ao seu cliente.

Valores – Defina quanto será cobrado pelo serviço e qual será a forma de pagamento. No caso de descontos, informe sua política. É indicado ter mais de uma opção de pagamento para negociação com o cliente.

Termo de Confidencialidade – Esse item é importante para assegurar que o cliente não divulgue valores e escopo da sua proposta comercial para seus concorrentes.

7. Anexos

Os anexos não são obrigatórios, mas poderão ajudar a fundamentar sua proposta comercial. Planilhas, gráficos, plantas, infográficos, imagens, esquemas. Qualquer tipo de documento que facilite a compreensão do cliente em relação às informações da proposta comercial.

Dicas para uma proposta comercial completa

Seguindo o passo a passo descrito aqui, você tem grandes chances de fazer uma proposta comercial excelente. Mas, para que ela seja completa, é preciso tomar alguns cuidados. De olho nas dicas!

proposta comercial 2

» Não esqueça de incluir todos os contatos possíveis, de forma organizada e visível. De preferência comerciais: email, telefone e endereço.

» Inclua os deveres do cliente, se for o caso.

» Caso seja impressa, certifique-se de que a impressão tem uma boa leitura. E cuidado com a impressão de imagens e tabelas.

» Releia a proposta comercial e confira se não existe algum erro na escrita.

» Se possível, peça para outra pessoa ler.

» Para propostas de alto valor, evite enviar por email e prefira o contato presencial.

» Quanto maior o valor, maior deve ser o nível de detalhamento da proposta comercial.

» E se o prazo de realização do projeto for extenso, deixe bem claro o cronograma de datas de cada etapa.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *