O que é coworking e como funciona?

Você consegue imaginar um mesmo ambiente de trabalho sendo dividido por funcionários de diferentes empresas? É o que acontece no coworking. Se estivéssemos falando de alguns anos atrás, essa cena seria inimaginável. No entanto, nos dias atuais é cada vez mais comum vermos esses espaços colaborativos de trabalho, conhecidos como coworking.

coworking
No Brasil, o serviço de coworking existe desde os anos 90

Apesar do termo só ter ganhado divulgação com mais frequência recentemente, o compartilhamento de ambiente de trabalho não é novidade. No Brasil, desde os anos 90 existem empresas que alugam salas privativas para diferentes clientes. Consequentemente, dividem outros locais, como banheiros, salas de reunião e cozinha.

A alternativa dos espaços de trabalho colaborativo é uma excelente dica para quem deseja trabalhar e economizar nos gastos com salas fixas, por exemplo. A ideia é bem simples: uma empresa ou um trabalhador autônomo aluga um determinado lugar para trabalhar. Além da economia com despesas, há a possibilidade da troca de experiências com pessoas de diversos escritórios e áreas de atuação.

. Como escolher o melhor espaço para sua empresa

5 serviços que todo coworking deve ter

Assim como todo escritório, os espaços coworking precisam ser organizados e levados a sério. Para os proprietários, a prestação de serviços operacionais de boa qualidade pode ser o diferencial que o cliente procura na hora de fechar o aluguel do espaço.

Confira alguns serviços imprescindíveis para um coworking:

1. Internet
É essencial para qualquer empresa. Infelizmente, no Brasil, a internet não é das melhores do mundo. Por isso, alguns itens precisam ser observados. Por exemplo, se a conexão cair, existirá outra prestadora disponível para atender a demanda de trabalho ou os funcionários terão de interromper o que estiverem fazendo? Outra questão é saber se será realizado um controle de banda no acesso. Esse item é importante pois se um funcionário decide baixar um filme ou um jogo, por exemplo, a internet de todos os outros usuários ficará lenta.

2. Estrutura física
Ninguém merece trabalhar num local sujo, desorganizado e sem conforto. O ar condicionado é requisito essencial em qualquer coworking do mundo. Mesas e cadeiras ergonômicas também dão uma valorizada no ambiente, além de trazer conforto para as oito horas de expediente. A limpeza e a manutenção devem fazer parte da rotina dos espaços colaborativos. Afinal, quem não gosta de chegar no trabalho e ver sua mesa limpa e o lixo recolhido?

3. Salas para reuniões
Deve ser considerada o coração do coworking. Muitos clientes irão visitar somente este local. Por isso, essas salas devem ser aconchegantes e organizadas ao ponto de conseguirem passar uma boa impressão.

4. Recepção
Pode parecer bobagem, mas esse tipo de serviço é essencial e deve ser muito bem observado. A recepção do coworking é a porta de entrada para todos que chegarem ao local. Ordem, cordialidade, postura, vestimenta e simpatia devem estar impecáveis.

5. Telefonia
Alguns assuntos não podem ser resolvidos por e-mail, por isso, é preciso observar o suporte de sistema telefônico que o espaço oferece. Dê preferência aos locais com um sistema de telefonia que atenda com agilidade e eficiência várias pessoas ao mesmo tempo.

Confira nosso podcast gratuito, muitas informações e dicas sobre local de trabalho e coworking

Vantagens do coworking

coworking local trabalho colaboração
A colaboração e o networking são os pontos altos do trabalho no coworking

Por ser uma nova forma de pensar o ambiente de trabalho, aqueles que têm interesse em compartilhar espaços de trabalho estão sempre em busca das vantagens dessa nova tendência. Por isso, listamos alguns desses benefícios. Confira:

  • Flexibilidade – Você não precisa ir todos os dias para o escritório coworking. Enquanto você não estiver lá, outra pessoa pode utilizar o espaço, e assim todos saem ganhando.
  • Custo reduzido – Como já falamos, no coworking você paga somente pelo espaço e pelos recursos que realmente utiliza. Sendo assim, o custo operacional mensal se torna mais baixo do que se você alugasse um escritório próprio.
  • Fugindo do Home Office – Muitas vezes não conseguimos produzir em casa aquilo que produziríamos estando em um ambiente mais formal. Neste sentido, o coworking é uma ótima alternativa para trabalhar com sossego.
  • Networking – Conhecer pessoas novas é sempre bom. Como os espaços de coworking estão recheados de profissionais de diferentes setores, esse ambiente é ótimo para criar vínculos.

Coworkings por estado no Brasil

Rio de Janeiro

EDX Coworking (Rio de Janeiro, RJ)
No coração do Rio de Janeiro, o EDX Coworking nasceu em 2015 sob o comando da Eliane Domingos. O espaço ainda possui salas de treinamento e estrutura para eventos.

SPACE COWORKING (Rio de Janeiro, RJ)
A cozinheira chefe deles, a Mar, prepara diariamente um super cardápio! Além disso, são um espaço de trabalho aconchegante, criativo e charmoso com infraestrutura completa. Eles valorizam a troca de experiência, ajuda mútua e a busca por um ambiente de produtividade, sucesso, criatividade e qualidade de vida. Tem uma localização estratégica, em uma casa linda, pois ficam a 10 minutos do Metrô, 15 minutos do aeroporto e ao lado de pontos de ônibus e da estação do Bike Rio.

POLO COWORKING (Rio de Janeiro, RJ)
Espaço localizado na Barra da Tijuca, empreendedoras encontram um ambiente de apoio e colaboração para desenvolver e expandir suas ideias. Oferecem todos os recursos de um escritório de alto padrão, como uma estrutura completa, um ambiente de trabalho seguro e amigável.

BARRA COWORK (Rio de Janeiro, RJ)
Localizado na Barra da Tijuca em um prédio moderno com uma infraestrutura nova, acabamento de primeira linha. Ambiente aberto para criticas e sugestões, confiança e boa convivência. Eles têm o objetivo de encontrar empresas e profissionais que queiram interagir de forma positiva e aumentar suas chances individuais de sucesso. Lá você encontra um ambiente de trabalho produtivo e uma rede de empreendedores amigável.

HANGAR (Rio de Janeiro, RJ)
Esse local é um espaço de estudos, germinação e incubação de empresas de tecnologia. São focados em ciência da computação, engenharia e empreendedorismo. Fazem cursos e eventos que incentivam a troca de conhecimento e a proximidade entre os membros. Por lá há engenheiros, programadores, designers, empreendedores e criadores em geral apaixonados pelo que fazem. O local é adornado de computadores, impressoras 3D, fresadoras, materiais, micro-controladores, componentes eletrônicos, etc. Você pode ir lá para estudar, abrir uma empresa ou construir coisas, por exemplo. O compromisso deles é oferecer um ambiente motivante para pessoas de alto nível.

Nex Coworking Rio (Rio de Janeiro, RJ)
Está localizado a apenas 50 metros do metrô, 5 minutos do aeroporto Santos Dumont e do Centro, com fácil acesso de qualquer ponto da cidade. São 2000m² com estúdios privativos, salas de reuniões, auditórios para eventos e áreas de convívio para momentos de descontração. É uma empresa de conexões e conteúdo. Baseia-se em espaços de coworking que buscam oferecer não só estrutura, mas criar um ecossistema que inspire outras formas de viver e se relacionar com o mundo por meio de educação, informação e entretenimento.

CITIUS COWORKING & BUSINESS CENTER (Rio de Janeiro, RJ)
São um espaço sofisticado, com uma infraestrutura moderna e tem um atendimento e excelência. O objetivo deles é tornar a experiência dos coworkers o mais personalizada possível de uma maneira bastante intimista. Ocupam um andar inteiro de um tradicional prédio do Centro do Rio de Janeiro, na área do Porto Maravilha, a 50 m da Av. Rio Branco. O Centro de Negócios deles foi concebido para proporcionar aos clientes e usuários um ambiente confortável e funcional.

São Paulo

Coworking Casa Vermelha (São Paulo, SP)
E o primeiro colocado no nosso top 10 espaços mais populares do Coworking Brasil é o Coworking Casa Vermelha! Em Perdizes, São Paulo, desde 2015, a casa é um ambiente superbacana para quem busca novas experiências de trabalho. Quem quiser conhecer o espaço pode aproveitar que eles têm o test day gratuito!

Co-pro (São Paulo, SP)
Em uma das ruas mais badaladas de São Paulo, a Oscar Freire, está o Co-Pro Coworking, em atividade desde 2015. Quem busca um escritório moderno na região, pode aproveitar para conhecer o espaço, que fica em uma cobertura duplex com uma vista incrível!

Spaces Vila Madalena (São Paulo, SP)
Em junho de 2017, o grupo Spaces chegou em São Paulo trazendo toda sua bagagem de sucesso mundial iniciado em Amsterdam, na Holanda. Hoje o grupo já está presente em mais de 20 países e o espaço Vila Madalena foi um dos primeiros da América do Sul.

BUCC (São Paulo, SP)
Fundado em 2014, o BUCC conta com duas unidades na capital paulista, ambas no bairro Pinheiros, na Av. Pedroso de Morais. O nome do empreendimento já diz tudo: Business Unlocking & Collaboration Center, então esse é o lugar certo para quem quer fazer muitos negócios ao mesmo tempo em que está perto dos principais centros financeiros de São Paulo.

VIP Office (São Paulo, SP)
Pertinho do metrô Consolação e Trianon Masp, o VIP Office fica na Alameda Santos e tem uma estrutura para centenas de coworkers trabalharem diariamente. O espaço funciona desde 2014 e conta também com um café bem bacana.

Nexo Work Space (São Paulo, SP)
Em atividade desde o final de 2016, o Nexo Work Space fica na Vila Madalena em uma casa com estações compartilhadas, salas privativas e espaço ao ar livre para um momento relax.

Plug Bkln (São Paulo, SP)
A Plug tem dois espaços em São Paulo: um na Av. Nova Independência, no Brooklin, e o outros na Rua Lisboa, no bairro Pinheiros. Os espaços são bem modernos e contam com alguns diferenciais como o ChoppUp todas as quintas-feiras.

Bahia

Tropos – Ambiente Colaborativo (Salvador, BA)
Único espaço de Salvador no nosso top 10, o Tropos tem um ambiente supermoderno e conta também com gastrobar e espaço cultural. Ou seja, tem muito trabalho, mas também tem muita diversão!

Rio Grande do Sul

Nós Coworking (Porto Alegre, RS)
Um dos primeiros espaços de Porto Alegre, o Nós Coworking está na ativa desde 2012 e já é referência nacional no mercado. O escritório compartilhado fica em um prédio histórico integrado ao Shopping Total, em uma parte bem central da capital gaúcha.

10 Coworkings fantásticos pelo mundo

1) Parisoma – San Francisco (EUA)
Na parte de baixo, mesas de ping-pong se transformam em estações de trabalho coletivo durante o dia e à noite são dobradas e recolhidas para dar lugar a eventos, debates, exposições e aos cursos mais variados. O piso de cima é reservado a equipes de uma mesma empresa e/ou instituição. Bolas de alongamento estão ali espalhadas para uma esticadinha básica durante o expediente.

2) Hubud – Bali (Indonésia)
O espaço interior tem acabamentos em bambu e madeira reciclada. É um espaço sustentável com vista para um vulcão e um campo de arroz. Aberto 24h, pode-se escolher trabalhar num espaço ao ar livre ou fechado (ventilado). Há também uma sala de conferências para mais de 20 pessoas e uma cabine para fazer chamadas no Skype. No jardim, um café orgânico que abriga até 30 eventos por mês.

3) The Office – Santa Monica (EUA)
É um espaço incrivelmente inspirador para trabalhar em Santa Monica, com um ambiente recheado de elementos calmantes: uma árvore interna, cores suaves e iluminação leve, sem contar o belíssimo jardim. Entre as comodidades disponíveis: cadeiras Aeron, fones de ouvido Bose com restrição de ruídos e, até mesmo, um diretório de arquivos de Hollywood para inspirar a criatividade.

4) Pun Space – Chiang Mai (Tailândia)
Espaço de destaque na cidade que é considerada a melhor para o trabalho remoto, segundo o ranking do NomadList.

5) The Makers Space – Seattle (EUA)
São 650 m² bem no centro da cidade, tudo projetado para aproveitar o máximo da luz natural. A decoração também contribui para uma atmosfera  moderna que, segundo os residentes, estimula a criatividade.

6) Impact Hub Madrid – Madrid (Espanha)
Faz parte de uma rede de centros colaborativos de empreendedores sociais. O de Madrid, perto do Parque del Retiro, tem uma linda ambientação voltada para refletir sobre sustentabilidade, colaboração e versatilidade em todos os cantos.

7) Gangplank – Arizona (EUA)
Baseado em colaboração mútua. O coworker não paga nada para usar o espaço, mas em contrapartida colabora para mantê-lo. Seja participando de projetos públicos, no caso de coworkers eventuais, ou qualquer tipo de colaboração se o coworker for fixo. Por exemplo, varrer as salas após eventos, limpar as mesas, cuidar da manutenção da rede sem fio, escrever posts no blog do espaço, e por aí vai.

8) Urban Station – Buenos Aires (Argentina)
Fora o maravilhoso desayuno portenho, já incluso na diária, o mais legal desse espaço de coworking são as bicicletas que ficam na porta do lugar. Você está horas trabalhando no seu notebook e precisa arejar um pouco a cabeça? É só trancar suas coisas no armário e dar uma volta de bicicleta por Palermo.

9) Mesh – Oslo (Noruega)
2500 metros quadrados com espaços de coworking, escritórios privados, um espaço para makers e um clube noturno próprio. Esse é o conceito em prática no espaço MESH, em Oslo, na Noruega.

10) ESDIP – Berlim (Alemanha)
Localizado no centro de Friedrichshain, com instalações em uma antiga fábrica está o ESDIP. Pensado para “artistas, ilustradores, cartunistas, designers, programadores, fotógrafos, escritores ou qualquer pessoa criativa”, o espaço também conta com uma galeria que exibe os trabalhos dos residentes e workshops regulares.

 

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *