15 negócios em alta para investir em 2019

Faltando cerca de dois meses para o fim do ano, é hora de se planejar para ter sucesso no ano que vem. Você quer empreender em 2019 e busca as melhores tendências de negócios para investir? Preparamos uma lista com os 15 negócios em alta para investir em 2019!

negócios em alta 2019

Algumas áreas vão continuar aquecidas, como alimentação de nicho, cervejarias e estética. A área de tecnologia também vai continuar promissora, com foco na inteligência artificial, impressão em 3D, drones e games. Vale a pena dar uma olhada nos negócios promissores em 2018 e ver o que ainda tem potencial para seguir crescendo.

Na lista a seguir, focamos em negócios promissores e lucrativos, considerando as tendências do mercado para 2019. Alguns podem ser abertos, inclusive, da sua própria casa ou de um coworking, por exemplo, sem necessidade de uma loja física. com pouco investimento

#1 UX Design

negócios em alta 1

UX significa, em inglês, User Experience. Traduzindo, experiência do usuário. A prática não é tão nova mas vem sendo adotada em massa nos novos projetos, que demandam um designer especializado em UX.

O UX Designer desenvolve um layout pensando exclusivamente na relação do usuário com o projeto. Ele busca tornar essa relação mais natural, simples e intuitiva. Pode ser aplicada em websites, aplicativos, máquinas, dispositivos móveis e pontos de venda, entre outros modelos.

#2 Design de games

negócios em alta 2

Essa função teve grande visibilidade em 2018 e vai continuar em alta no mercado. O interessante é que o designer de games ganha cada vez mais espaço para trabalhar. Ele pode desenvolver o design de jogos eletrônicos para computadores, celulares, tablets e consoles de videogame, mas também para jogos educativos e recreativos, demandados por instituições de ensino e empresas.

Neste caso, o designer constrói jogos que têm um propósito, muito usados nos cursos de educação a distância ou em empresas que já utilizam a gamificação em seus processos.

#3 Desenvolvimento mobile

negócios em alta 3

A área de desenvolvimento está aquecida e promete continuar assim pelos próximos anos, com foco total nos dispositivos móveis. Seguindo a linha da cultura “mobile first”, o desenvolvedor mobile tem grandes chances de sucesso no mercado.

É ele quem desenvolve softwares e recursos para dispositivos móveis, desde sistemas até aplicativos. Este profissional faz todo o projeto de desenvolvimento, desde a análise das necessidades do cliente, planejamento dos recursos, desenvolvimento e implantação da arquitetura, até a realização do projeto e fase de testes.

#4 Consultoria

negócios em alta 4

Na era na cultura “maker”, onde qualquer pessoa pode ser um “fazedor”, cresce o número de consultores e empresas especializadas em consultoria. A ideia aqui é aproveitar todo o conhecimento no qual você é especialista para ganhar dinheiro com isso.

Uma das áreas mais promissoras para 2019 dentro da consultoria é marketing digital. Mas o mercado é bem amplo e já vemos consultorias de todos os tipos. Pense bem: no que você é muito bom a ponto de poder instruir e ajudar outros negócios a crescerem?

#5 Coaching

negócios em alta 5

Abrir uma empresa de coaching pode ser uma ótima alternativa para 2019. É um mercado que está aquecido e vai continuar quente, pois é cada vez maior o número de pessoas em busca de melhores resultados.

O coaching, seja pessoa ou profissional, auxilia profissionais em seus desafios diários. Só em 2015, a receita total global estimada do mercado de coaching foi de 2,3 bilhões de dólares, segundo a International Coach Federation (ICF). E esse mercado não para de crescer.

#6 BI (Business Intelligence)

negócios em alta 6

Profissionais ou empresas de BI serão bastante requisitados nos próximos anos. O BI permite ao gestor ter um maior conhecimento sobre o mercado e seu negócio, ganhando uma importante ferramenta de vantagem competitiva.

BI é a sigla de Business Intelligence, que significa inteligência de negócios. Com o BI é possível, a partir da análise detalhada das informações, identificar tendências e mudanças e antecipar cenários futuros.

#7 Ciência de dados

negócios em alta 7

Análise de Dados é uma ferramenta utilizada por muitas empresas hoje em dia. E é tendência também para os próximos anos. Cada vez mais, as empresas e instituições vão guiar suas decisões nos dados.

Mas, diante de tantos dados coletados, interpretar e extrair insights desse montante é o grande desafio. E o profissional que souber fazer isso tem grandes chances de ter sucesso.

#8 Análise de investimentos

negócios em alta 8

O número de brasileiros que passaram a investir dinheiro aumentou. Todos estão mais de olho na economia, no mercado financeiro e em como fazer suas reservas renderem da melhor forma.

Por isso, bancos e corretoras vão demandar cada vez mais do analista de investimentos. Ter esse tipo de profissional na equipe será mais que um diferencial, mas uma obrigatoriedade para cuidar melhor do dinheiro dos clientes investidores.

#9 Gestão de resíduos

negócios em alta 9

Cerca de um quilo de material é descartado diariamente por cada brasileiro. Com isso, o descarte de nosso lixo se tornou um problema, discutido por países do mundo todo.

A gestão de resíduos é a adoção de uma série de ações, desde as fases de coleta, transporte, transbordo e tratamento, até a destinação final em ambiente apropriado.

#10 Retrofit

negócios em alta 10

O Retrofit é uma tendência usada na arquitetura e no design. Consiste em revitalizar construções incorporando a elas novas tecnologias. É usado com o objetivo de valorizar o imóvel, transformar o uso, aumentar a vida útil e a eficiência operacional e energética da construção.

Essa técnica pode ser utilizada em ambientes internos e externos. Exemplos de finalidades do Retrofit: racionalização do uso da água potável, gestão de águas pluviais, aumento da eficiência energética da arquitetura, reforço estrutural, telhados verdes e paredes verdes.

#11 Cuidados pessoais

negócios em alta 11

As pessoas estão cada vez mais interessadas em se cuidar. Seja no campo da Medicina ou da Estética e Beleza. Segundo um levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) com o Instituto FSB Pesquisa, o Brasil é o terceiro país com o maior mercado de estética no mundo.

E é um mercado com inúmeras possibilidades de negócios em alta para 2019. Desde salões de beleza, clínicas de tratamentos estéticos, spa, venda de cosméticos, perfumaria e etc.

#12 Cuidados com idosos

negócios em alta 12

Muito já se fala no envelhecimento da população brasileira. A expectativa é que, dentro dos próximos anos, o número de idosos seja maior do que o de jovens.

Com isso, cresce aí um mercado promissor: o de cuidados com idosos. Preparar refeições, controlar medicamentos e até fazer companhia são algumas tarefas do cuidador de idosos, que promete ter muito trabalho e boas oportunidades de ganhar dinheiro em 2019.

#13 Alimentação saudável

negócios em alta 13

Da mesma forma que as pessoas estão mais preocupadas com a aparência, também estão de olho na saúde. Segundo a agência de pesquisas Euromonitor Internacional, até 2021 o mercado de alimentação saudável no Brasil deve crescer, em média, 4,41% anualmente.

Só para ter uma ideia, o setor de bebidas e alimentos saudáveis movimentou, só em 2016, cerca de R$ 93,6 bilhões. O Brasil ficou na 5ª posição do ranking dos países mais importantes para o setor de alimentação saudável. Por isso, essa é uma área promissora para que deseja abrir um negócio em 2019.

#14 Clubes de assinatura

negócios em alta 14

Se você ainda não usa nenhum clube de assinatura, é questão de tempo. Em 2017, já existiam 350 empresas nesse setor, segundo a Associação Brasileira dos Clubes de Assinatura.

Esse é um dos negócios em alta para 2019, sobretudo pelo leque amplo que abrange. Há clubes de assinatura dos mais variados produtos, desde livros, cervejas e vinhos até produtos para pets.

#15 Economia compartilhada

negócios em alta 15

Os negócios ligados à economia compartilhada podem ser muito lucrativos em 2019. Prova disso são os modelos de empresas como Airbnb e Uber, que já aplicam essa tendência com muito sucesso.

A economia compartilhada vem crescendo e tem tudo para crescer mais no ano que vem. Segundo a consultoria PwC, esse setor vai movimentar 335 bilhões de dólares no mundo em 2025. Isso é 20 vezes mais do que movimentava em 2014.

Quer abrir um negócio em 2019?

Você já ouviu o podcast “Do zero do sucesso: como sair da inércia e abrir o próprio negócio”? Juntamos três especialistas em marketing e coaching, para ajudar qualquer empreendedor a sair da inércia e abrir o próprio negócio.

Quem conduz a conversa é Rodrigo Galvão, um dos professores aqui no portal. Como convidados, ele trouxe dois jovens empreendedores para falar sobre empreendedorismo jovem e ajudar quem quer empreender, abrir ou transformar seu negócio.

Confira!

[Infográfico] Dicas para escolher o seu negócio

Se você ainda está na indecisão sobre que negócio montar em 2019, confira essa ajuda: preparamos um infográfico com 7 dicas para escolher seu negócio. E você também pode acessar AQUI para conferir todas as dicas para abrir o seu negócio.

dicas para escolher seu negócio

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *