Nathalia Medici: 5 aprendizados do Vale do Silício

Ajudar o empreendedorismo a transformar o Brasil é a missão da StartSe. A jovem empresa é um portal de conteúdo, cursos e eventos, além de ser uma forte conexão entre todo o ecossistema de startups.

Gerente de novos negócios da StartSe, Nathalia Medici conta que no começo, a marca era principalmente um canal de mídia.

“Quando começarmos a operação lá no Vale do Silício, entendemos que tínhamos que trazer essa cultura empreendedora, com tanta força e tanta disrupção, para o Brasil. Então, começamos a fazer toda a a parte de conexão do Brasil com o Vale do Silício.”

A StartSe é uma plataforma que tem cadastrados investidores, empreendedores, mentores e grandes corporações. Todos eles conseguem se comunicar. Quem quiser investir consegue o contato com uma startup que está querendo investimento, e vice-cersa.

“Temos hoje como principal propósito, além de transformar o Brasil por meio da educação empreendedora, preparar o país para essa nova economia que está vindo.”

Conversamos com Nathalia Medici no Hacking Rio, onde ela apresentou a palestra “Os 5 novos pilares para ter um negócio de sucesso”.

5 pilares para construir um negócio de sucesso

A vivência no Vale do Silício, para ela, trouxe muitos aprendizados. Entre eles os pilares falados na palestra.

“Mas o Vale me ensinou a pensar de uma maneira diferente. A olhar para as coisas com outros olhos. Acho que o principal ponto é essa questão que somos meio individualistas. Eu penso primeiro em mim e depois eu vejo o que os outros vão ganhar com isso.”

O empreendedorismo só vai ser difundido quando entendermos que é todo um ecossistema que precisa de colaboração. Um tem que ajudar o outro. E o ecossistema vai crescer como um todo, e em vez de eu ganhar muito agora e não ganhar mais, eu vou ganhar muito lá na frente, por muito mais tempo.

Em sua palestra, Nathalia explicou cada um desses cinco pilares:

1. Propósito

2. Cultura

3. Diversidade

4. Colaboração

5. Experiência

Para ela, os dois mais importantes são propósito e cultura. “Qualquer um consegue ter um bom produto. O seu negócio vai ter mais sucesso se você tiver um propósito muito forte. Você estar fazendo aquilo por uma causa, por um impacto. Isso é muito importante, e é o que vai atrair as pessoas.”

Além disso, é essencial uma cultura muito forte. “Uma cultura verdadeira, com autenticidade. Hoje não podemos parecer ser alguma coisa. Temos que ser o que somos. Autenticidade não tem certo e errado. Cada um tem a sua e cada um se identifica com ela.”

Startups brasileiras no Vale

Hoje não são raros os brasileiros no Vale do Silício. O país conta com uma grande representatividade e, segundo Nathalia, faz bonito lá fora.

“É um orgulho de um tamanho incrível. Quando eu cheguei no Vale, nem imaginada que tinha tanto brasileiro. E são startups incríveis, que resolvem problemas da humanidade. Não é para resolver um problema aqui do Brasil ou lá do Vale.”

Como exemplos, ela cita dois casos de sucesso. Uma startup procura a fórmula do rejuvenescimento, para acabar com os problemas que temos com o processo de envelhecimento. A outra está enviando um satélite para a Lua, para conseguir otimizar o consumo de alimentos no futuro.

“Estamos muito bem representados. É de encher de orgulho mesmo.”

5 características do Vale do Silício

Nathalia hoje tem um canal no YouTube chamado Sofá do Vale, onde ela publica entrevistas com personagens do ecossistema do Vale do Silício. Em um dos vídeos do canal, ela lista as cinco características do Vale, que servem de aprendizado para qualquer empreendedor.

Nathalia Medici
Nathalia Medici tem um canal no YouTube chamado Sofá do Vale (Foto: Divulgação)

1) Diversidade

O Vale do Silício tem 49% de sua população vinda de outros lugares. A comunidade é formada por europeus, americanos, asiáticos, latinos, de todos os cantos do mundo. Todos convivendo. “Por que deu certo? Porque há um respeito por baixo disso tudo.”

2) Colaboratividade

No Vale, todo mundo se ajuda muito. “Você tem uma população que vem de fora, não tem ninguém para contar, a não ser as outras pessoas ao redor. Então, todos se ajudam demais. Está todo mundo ali em prol de ajudar um ao outro.”

3) Falhar faz parte do jogo

Um ponto muito valorizado no Vale é a falha. “No Vale o pessoal acha isso ok, porque se você falhou cinco vezes significa que você aprendeu cinco vezes mais do que alguém que está começando hoje. Significa que você está tendo aprendizado ao longo do seu caminho.”

4) Velocidade

“O Vale é muito veloz. Em um mês, já virou tudo de cabeça para baixo e a cidade já está ao contrário. Há empresas que crescem da noite para o dia e viram unicórnios em dois, três meses. Outras demoram um pouco mais. Mas tudo acontece numa velocidade muito grande.”

5) Causar um impacto na sociedade

“Toda startup que nasce no Vale do Silício nasce com o propósito de causar impacto na sociedade. Isso significa que temos um mundo maravilhoso, uma natureza perfeita, toda uma geração por vir, e por que eu vou me preocupar única e exclusivamente comigo? Por que eu não posso fazer algo que vai transformar minha sociedade?

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *