LinkedIn Top Startups: lições das 3 startups mais desejadas no Brasil

LinkedIn Top StartupsA lista LinkedIn Top Startups, divulgada recentemente, traz as 25 Top Startups do Brasil. A relação oferece ao profissional brasileiro um panorama sobre jovens empresas que atingiram um ritmo acelerado de crescimento. E é uma ótima inspiração para empreendedores!

O LinkedIn avalia as startups com base em quatro pilares:

– Crescimento do número de funcionários: medido pelo aumento percentual ao longo de um ano, devendo ser de no mínimo 15%;

– Engajamento: número de não-funcionários que estão visualizando e seguindo a página da empresa no LinkedIn, assim como a quantidade de não-funcionários que estão visualizando os funcionários da startup;

– Interesse em empregos: taxa de pessoas que estão visualizando vagas naquela startup e se candidatando a elas;

– Atração dos melhores talentos: quantos funcionários recrutados pela startup são oriundos das empresas que compõem a lista LinkedIn Top Companies.

A pesquisa tem como base o período entre 1º de julho de 2017 e 30 de junho de 2018.

Lista das 25 Top Startups do Brasil

print

Qual a principal razão do sucesso da sua startup?

Essa foi a pergunta feita pelo LinkedIn para Cristina Junqueira, do Nubank, Sergio Furio, da Creditas, e Benjamin Gleason, do GuiaBolso.

As três startups, nessa ordem, foram as primeiras colocadas do ranking LinkedIn Top Startups 2018.

As respostas formam um conjunto de dicas decisivo para todo empreendedor. Assista abaixo!

Aprenda com as 3 primeiras Top Startups

Cristina Junqueira Nubank

Crie a cultura desde o dia um

Cristina Junqueira – Cofundadora e VP, Nubank

“Tem muita startup que começa e vai contratando time, montando time, criando produto e depois de dois, três, quatro, cinco anos para para pensar: ‘agora vou criar a cultura’. Mas a cultura já está lá. E aqui no Nubank, no dia um, no primeiro dia, que eu, o Ed e o David estávamos trabalhando juntos, já estávamos falando da cultura que queríamos construir.

Dos valores que iam estar no centro, e isso foi o que norteou todas as pessoas que trouxemos, a maneira como tomamos decisões, os produtos que criamos. E, no fim, essa é a razão de tudo que fizemos até agora. É colocar o cliente no centro, é não se conformar, é se questionar sempre. Todas essas coisas estão muito no centro e são a razão do nosso sucesso.”

Sergio Furio CreditasResolva um problema real

Sergio Furio – Fundador e CEO, Creditas

“O que a Creditas fez foi focar em encontrar uma solução para um problema complexo. E com isso você cria uma vantagem competitiva sustentável no longo prazo e uma solução muito mais robusta.”

 

Benjamin Gleason Guiabolso

Foque no usuário

Benjamin Gleason – Cofundador, Guiabolso

“A gente focou muito no usuário desde o início. Identificar qual que era o problema, que era a falta de entendimento e controle das finanças, e criar uma solução para resolver esse problema para o nosso usuário. Então, esse foco no usuário desde o início até hoje fazendo parte do DNA da empresa foi chave.”

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *