A importância da inovação para a sua empresa

O cenário empresarial está cada vez mais competitivo. Para se destacar frente à concorrência, é preciso buscar diferenciais e uma proposta de inovação que, ao contrário do que muitos pensam, não necessariamente possui relação com a tecnologia. Pode ser uma novidade no mercado, um novo produto ou apenas uma forma mais ágil de realizar um processo.

O importante é buscar sempre o novo e sair da zona de conforto. Colocar o cérebro para procurar o que de melhor pode ser feito para otimizar sua produção. Assim, em pouco tempo, os bons resultados aparecerão.

Inovação como forma de alavancar um negócio
Ter novas ideias pode impulsionar o seu negócio

Os filósofos já diziam que o permanente é só a mudança. Devemos seguir seus ensinamentos, buscar sempre pela evolução e compreender que para continuar ativo em um mercado no qual a concorrência não respeita fronteiras, é fundamental prezar pela inovação.

Mas, afinal, o que é inovação?

Inovar significa alavancar os negócios da empresa, identificando oportunidades de ganhar mais, gastando menos. É a soma de fatores como criatividade, atitude e resultado. Para ter uma ideia inovadora, é preciso responder a uma das duas perguntas a seguir:

  • Como posso fazer isso melhor?
  • O que de novo eu ainda não tentei?

A resposta a essas perguntas determinará qual será o tipo de inovação: o que cria um novo processo ou o que melhora algo que já existe. A primeira opção também é conhecida como inovação disruptiva, aquela que vai além de criar novos processos e muda toda a maneira de se produzir em um ramo de atividade.

Inovar é caro?

É comum associarmos inovação com sofisticação, tecnologia de ponta e investimentos de alto valor. No entanto, na maioria das vezes, para implantar um plano inovador não é preciso de uma coisa nem de outra.

Aliás, se tem um tipo de inovação na qual os brasileiros saem na frente é a de significado. Ou seja, quando conseguimos atribuir novos e diferentes sentidos a produtos e serviços. Inovar, nem sempre, é sinônimo de apresentar alguma solução nova e jamais vista.

Por exemplo, as Havaianas não deixaram de ser chinelos desde sua criação. Mas, as suas campanhas atribuem diferentes significados a elas. Sem desfrutar de novas tecnologias.

Quer conhecer outras ideias de empresas inovadoras? Uma renomada revista de Economia fez uma lista com os 10 empreendimentos que prezam por inovação.

Fazer uma boa gestão da inovação é justamente aliar a criatividade e as boas ideias às ferramentas necessárias para que ela seja executada. Tais ações geram uma relação de afeto e proximidade entre as pessoas e os produtos. E no mercado competitivo que vivemos hoje em dia, nada melhor do que manter o cliente fiel.

Diante desse paradigma, podemos concluir que a inovação é democrática. Pois permite que empresas pequenas produzam boas ideias tanto quanto as empresas grandes. O que, talvez, explique o sucesso de algumas startups.

Inovar não é caro. Basta ser criativo e ter a ideia certa.

Inovação tem a ver com estratégia?

Sim. Buscar inovação é um tipo de estratégia adotada pela empresa para sua diversificação, desenvolvimento e, sobretudo, fidelização dos clientes. E, para isso, deve estar no comportamento de gestores e também de colaboradores.

Inovação sempre, desistir nunca
Busque sempre novas ideias para o seu empreendimento

A inovação deve ser estimulada e utilizada como recurso estratégico dentro das empresas. Inclusive, especialistas recomendam que se implante a cultura inovadora de forma permanente na empresa.

Ou seja, não apenas em um dia específico todos os funcionários serão designados a pensar em novas ideias para o negócio em que trabalham. Isso será um dever, uma atribuição e responsabilidade diária.

A habilidade de pensar em novas soluções deve ser constante e não partir somente da chefia. Todos os empregados devem participar desse processo, juntos. Para isso, a empresa deve desenvolver uma rotina que estimule a criatividade. O setor de Comunicação Interna, por exemplo, pode ser um aliado para gerar esse sentimento coletivo por inovação.

. O que é empreendedorismo inovador?

Inovar é arriscado?

Investir tempo e mão de obra em uma ideia inovadora é apostar e se arriscar. Riscos e inovação andam lado a lado, não há um sem o outro. Para inovar, é necessário aprender a conviver com os riscos. E, talvez por isso, muitos projetos não avancem em determinadas empresas.

Dica: comece a chamar todos os riscos de desafios e tente quebrá-los todos os dias.

Se você quer manter seu empreendimento ativo no mercado, comece a buscar ideias inovadoras. Elas atraem o público e o tornam competitivo com outros negócios do setor. Arrisque-se. Quem não tenta não pode afirmar se a ideia dará certo ou não.

10 características do empreendedor inovador

Será que você traz dentro de si o que é necessário para ser um empreendedor inovador no seu ramo? Confira abaixo uma lista com as dez características dos empreendedores inovadores.

1. Perceber padrões

2. Ter uma dose de preguiça

3. Anotar tudo

4. Ter equilíbrio

5. Escutar seus medos

6. Antecipar problemas

7. Valorizar o tempo

8. Ampliar seus horizontes

9. Ter autoconfiança

10. Ampliar o pensamento binário

Confira também a explicação para cada uma das características!

Como ser mais inovador?

Humorista, palestrante e empreendedor, Murilo Gun é um especialista em criatividade. Hoje seu principal produto é o curso Reaprendizagem Criativa, que ajuda pessoas a se reinventarem pessoal e profissionalmente.

Murilo foi palestrante no Fire Festival, que aconteceu em setembro em Belo Horizonte. Conversamos com ele sobre criatividade, inovação, as habilidades necessárias ao empreendedor do futuro e como sair da zona de acomodação e ir para a zona de aprendizagem.

Inovação e tecnologia em debate

Uma conferência sobre os impactos da inovação e da tecnologia na transformação dos negócios e da sociedade. Resumidamente, é isso que propõe o .Futuro, evento que aconteceu nos dias 17 e 18 de maio, no Hotel Prodigy Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Confira no vídeo abaixo a entrevista completa com Xavier Leclerc, sócio fundador da Mox Digital e curador da conferência.

No .Futuro também conversamos com alguns palestrantes, confira as entrevistas com várias dicas!

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *