Franquia de baixo investimento: veja opções para investir

Se você ainda acha que para abrir uma franquia é preciso um alto investimento, você ainda não conhece as microfranquias. Elas possuem um total de investimento menor. E normalmente, um prazo de retorno mais curto.

Na ABF Franchising Expo 2018, a maior feira da América Latina, foi reservado um espaço especial para essas microfranquias. Nós visitamos o local e conversamos com representantes de algumas marcas participantes. Confira!

O que é microfranquia?

Microfranquias são todas aquelas em que o investimento total é de até R$90 mil. É o que explicou Adriana Auriemo, sócia diretora da Nutty Bavarian. Segundo ela, esse investimento total inclui taxa de franquia, tudo que precisa para montar o espaço, equipamentos e reformas.

“Se esse investimento for de até R$90 mil, ela é considerada uma microfranquia. Acima disso, são as franquias tradicionais.”

Perfil do investidor

José Rubens, CEO da Guia-se, lembra que a principal diferença é mesmo o capital de investimento. Porém, o perfil do empreendedor que vai investir em uma franquia de menor valor é outro.

“É um perfil de empreendedor que está saindo do mercado de trabalho, tem pouco capital de investimento e quer empreender a partir de casa. A grande maioria dessas franquias são de serviços, onde ele pode operar home-based.”

Direitos e deveres são os mesmos

Mesmo sendo outro perfil de investidor, José ressalta que as responsabilidades são as mesmas. “Costumamos dizer que existe microfranquia mas não existe micro franqueador. Porque a responsabilidade do franqueador é a mesma. E a Lei do Franchising é a mesma.”

Ambos os modelos são regidos pela Lei 8.955/94, conhecida como a Lei do Franchising, que regula o setor no Brasil.

Gean Chu, CEO da Los Paleteros, reforça que o que configura uma microfranquia é realmente o investimento. “Mas não é micro suporte, não é micro qualidade. O suporte é o mesmo que um franqueado que faz grandes investimentos recebe.”

Média de investimento

A microfranquia Los Paleteros, por exemplo, tem um investimento médio de R$60 mil. Sendo que R$10 mil é de taxa de franquia, R$10 mil de capital de giro e R$40 mil de investimento no quiosque.

Já na microfranquia Mary Help, o investimento vai de R$40 mil a R$60 mil. “É um investimento baixo, sendo que tenho unidades faturando até R$150 mil com rentabilidade de R$40 mil líquido mensais”, conta José Roberto Campanelle, diretor da Mary Help.

Ele explica que o custo benefício nesse modelo é extremamente favorável. Existem investimentos em que a maturação demora até 36 meses para você começar a ganhar dinheiro. E talvez não tenha uma rentabilidade tão boa quanto temos nesse negócio.”

Multifranqueados

Os multifranqueados são franqueados que possuem duas ou mais franquias. Essas unidades podem ser da mesma marca ou não.

Na Mary Help, por exemplo, essa prática já é uma realidade. “Eu tenho franqueados felizes com o negócio, já no segundo contrato. Já aconteceu com alguns e há outros querendo. E é um movimento que deve se acelerar”, conta o diretor.

A própria franqueadora, segundo ele, incentiva esse tipo de ação e facilita para que isso aconteça.

Como escolher uma franquia de baixo investimento

Para Adriana Auriemo, sócia diretora da Nutty Bavarian, o ideal é escolher uma franquia que tenha a ver com você. De uma área que você goste e tenha afinidade. Mas também é preciso pensar pelo lado da razão.

“Tem que ter a ver com você mas tem que caber no seu dia a dia. Por exemplo, nossa franquia funciona muito bem em shoppings e aeroportos, que têm um horário muito grande. O shopping abre das 10h às 22h. Você está preparado para trabalhar no sábado, domingo e feriado?”

José Rubens, CEO da Guia-se, já foi diretor de microfranquias da última gestão da ABF e hoje é coordenador do comitê. Para ele, antes de investir, é muito importante entender o mercado.

“Foi por isso também que escrevi o livro ‘Checklist Minha Franquia’. Nesse livro eu cataloguei mais de 260 perguntas e respostas, para que o empreendedor entenda o que ele precisa perguntar para a franqueadora. O que ele precisa investigar a fundo para não perder seu capital.”

José ressalta que nenhuma franquia é garantida. Mas o empreendedor pode entrar no negócio com a maior consciência possível para que o retorno seja condizente com a expectativa.

Veja 4 opções para investir

Nutty Bavarian

Inaugurada no Brasil em 1996, a Nutty Bavarian se consolidou como ícone no mercado de nuts, carregando de personalidade e qualidade a cada grão de sua extensa e variada linha de produtos. A Nutty Bavarian tem crescido a cada ano, contando com mais de 130 quiosques ativos em todo o território nacional e mais de 10 quiosques nos Estados Unidos.

Veja como ser um franqueado Nutty Bavarian

Guia-se

Desde 1997 a Guia-se Negócios pela Internet vem conquistando os empresários do Brasil, através de suas soluções e oportunidades de negócios para Internet. Oferece criação de sites personalizados, desenvolvimento de lojas virtuais, campanhas de SEO (otimização de sites), mídias sociais (Facebook e Instagram), hospedagens de sites, entre outros serviços.

Veja como ser um franqueado Guia-se

Los Paleteros

A Los Paleteros é uma empresa jovem, moderna, vibrante e sempre em busca do que existe de mais inovador no mundo em seu mercado. Toda a combinação harmoniosa de sabores incríveis, criações surpreendentes, frutas fresquinhas e aromas deliciosos fez com que a Los Paleteros se transformasse em sinônimo de experiência inesquecível.

Veja como ser um franqueado Los Paleteros

Mary Help

A Mary Help iniciou suas atividades em 2011 com uma unidade própria no município de São José do Rio Preto já tendo sido concebida com a estratégia de se tornar, em pouco tempo, uma franquia nacional. No Brasil foi a rede pioneira que lançou o conceito de diaristas agenciadas para serviços em residências e empresas.

Veja como ser um franqueado Mary Help

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *