Fintech aposta no crédito para pequenas empresas

Em micro e pequenas empresas, onde é difícil ter um capital de giro, conseguir um crédito para manter as operações pode ser a salvação para não fechar o negócio. Afinal, controle financeiro e fluxo de caixa são conceitos, na prática, muitas vezes difíceis de aplicar, quando consideramos pequenas empresas, com estruturas menores. Talvez esse seja o motivo do sucesso da TrustHub, que aposta no crédito para pequenas empresas.

Na Feira do Empreendedor 2018, conhecemos Alexandre Góes, diretor de Meios de Pagamento da TrustHub. Apresentada ao mercado em novembro de 2017, a startup começou com o pé direito. Era impossível não ver o imponente estande bem na entrada da maior feira de empreendedorismo do Brasil.

A marca aproveitou a Feira para fazer o lançamento dos equipamentos TrustPay. Uma solução de checkout “bank in a box”, que inclui vários serviços em uma única plataforma. Além de três modelos de maquininhas de recebimento de cartão de crédito e débito.

A TrustHub nasceu da multinacional SRM, que atua desde 2005 oferecendo o mesmo tipo de serviço a grandes empresas. “A SRM tem quase 20 anos no mercado, e nos posicionamos atendendo médias e grandes empresas. Com isso, adquirimos um know-how muito grande de antecipação de recebíveis e de crédito”, contou Alexandre.

Ele lembrou que nos últimos três anos, com a situação de crise brasileira, a empresa começou a ser assediada por micro e pequenas empresas. Elas buscavam esse crédito desburocratizado, de forma descomplicada. “Então, decidimos, ao longo de 2016, estudando o mercado e iniciando o desenvolvimento no início de 2017, lançar a plataforma de forma 100% online. Uma plataforma que o MEI, o micro, o pequeno empresário conseguisse acessar e ter direito ao crédito.”

Crédito para pequenas empresas em até duas horas

A TrustHub acredita que o pequeno empreendedor, quando precisa de crédito, precisa de crédito já, na hora. “É para resolver um problema de hoje. E os bancos ainda estão deixando a desejar no quesito agilidade”, explica Alexandre.

É justamente nesse nicho que a fintech resolveu apostar. Além do crédito, muito importante para os pequenos negócios, a marca investe na agilidade e na desburocratização. “Estamos lançando na Feira a conta de pagamento digital, empréstimo, pagamento de conta, antecipação e o conceito inovador banco na caixa.”

“bank in a box” ou “banco na caixa” é uma forma de automatizar as operações comerciais de uma pequena empresa. “Essa máquina é uma opção inovadora e muito interessante para o empresário, pois traz segurança para que ele opere todas as vendas, faça gerenciamento de caixa, controle o estoque, antecipe recebíveis, pague contas, emita nota fiscal e efetua transferências. Tudo sem sair do seu estabelecimento”, promete Alexandre.

A TrustHub já alcançou a marca de R$25 milhões em antecipação de crédito ao micro e pequeno empreendedor. A marca ficou conhecida por liberar o dinheiro em tempo recorde, em até duas horas. “Nossas metas para 2018 são bem agressivas. Esperamos chegar ao final do ano com mais de R$100 milhões em operações, chegando bem perto da SRM, que é a nossa empresa mãe”, concluiu o diretor.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *