Estratégias de Mairo Vergara, campeão de vendas da Hotmart

Mairo Vergara é um professor de inglês nada tradicional. No Fire Festival, que aconteceu em setembro em Belo Horizonte, ele deu sua primeira palestra, compartilhando suas estratégias para chegar no topo da lista dos infoprodutos mais vendidos na Hotmart.

O Fire é um evento obrigatório para quem trabalha com internet. Reúne inovação, entretenimento e empreendedorismo de forma única. É organizado pela Hotmart, uma plataforma completa para hospedar e vender cursos online.

Mairo Vergara abriu a palestra falando de oportunidade. “Eu não sei se a gente cria, mas ela passa na nossa frente. Ela realmente passa, e às vezes a gente não vê. Ou a gente não vê ou a gente não pega, porque não tem coragem de pegar.”

E foi isso que ele fez: pegar uma oportunidade na vida. Mas, ele lembra, nem todos conseguem fazer isso.

“Eu acredito que pegar a oportunidade ou fazer a coisa certa na vida é sempre mais difícil. Fazer nada é fácil. Eu tive poucas oportunidades na vida, mas uma hora elas começaram a passar. E quando ela passou, eu não demorei para agarrar.”

3 estratégias de Mairo Vergara

Mairo Vergara placa Hotmart
No Fire Festival, Mairo Vergara recebeu mais uma placa de reconhecimento pelo sucesso de vendas

Essa foi a missão da palestra de Mairo Vergara no Fire: compartilhar três estratégias usadas por ele e essenciais para o sucesso do curso de inglês na Hotmart. Resumidamente, ele falou sobre três pontos, que listamos a seguir, mais uma dica bônus (e a mais importante!).

1) Seu produto é a base de tudo

Mairo explicou como foi importante focar, antes de tudo, em um produto de qualidade. “Não adianta, não é o marketing nem a propaganda que vai fazer sua empresa crescer; é o seu produto.”

Para ele, é preciso dedicar-se ao produto todos os dias, sempre procurando melhorá-lo. Seja sozinho ou tendo uma equipe completa para isso.

Por que a Apple e Amazon valem 1 trilhão de dólares? Porque os produtos são incríveis. Produto ruim ninguém quer. Se você olhar, em qualquer mercado, as empresas que vão se destacar são as que têm os melhores produtos.

Segundo ele, se você tem foco em outras coisas que não o produto, como marketing por exemplo, pode até começar bem, mas uma hora vai parar de crescer e se sustentar. Nessa hora, se aparecer um concorrente com um produto melhor, não há o que fazer.

“Em algumas empresas o produto é tão bom que nem precisa de marketing. O produto é a base de tudo. Não é a única coisa, mas é a base de tudo. Existem duas maneiras de o produto se destacar. Uma é pela qualidade e a outra é pela diferenciação. Trazer algo novo, repaginado.”

Esse foi o segredo do sucesso de Mairo Vergara. “Nosso produto tem qualidade, claro, mas é bem diferenciado. Não é que os outros produtos são ruins, mas se você traz uma coisa boa e diferente, existe um público que vai querer esse diferente.”

O professor de inglês resolveu empreender com um infoproduto, ou seja, um produto digital. Mas, segundo ele, isso não precisa ser regra.

“Muita gente erra porque tudo agora tem que ser infoproduto. Às vezes, para o seu negócio, é melhor ter um produto físico. Você tem que olhar para o seu negócio e ver o que encaixa melhor. Só você vai saber, olhando para o seu produto. Mas se você tentar seguir uma moda, normalmente você vai errar na decisão.”

2) No marketing, escolha uma estratégia e masterize essa estratégia

Hoje o que não faltam são ferramentas e estratégias de marketing. Talvez por isso os empreendedores queiram tanto usar tudo ao mesmo tempo, e esse é o maior erro.

“Tem várias estratégias e todas funcionam. Pegue uma e domine essa estratégia.”

3) O império do conteúdo

Essa foi, segundo Mairo, a estratégia que mudou todo o jogo. Ele citou uma técnica baseada em golpes do boxe, chamada “jab, jab, jab, right hook”, do especialista em marketing Gary Vaynerchuk.

O “jab” é um soco rápido e de longo alcance, com objetivo de machucar um pouco, cansar o oponente e preparar o terreno para golpes mais fortes. O right hook seria o nocaute final.

Imagine se todos os lutadores fossem direto ao nocaute? Seria muito previsível, não? E isso, provavelmente, faria com que perdessem muitas lutas.

Mairo usou esse exemplo para mostrar a importância de trabalhar conteúdos, principalmente gratuitos, para só depois realizar a venda.

O “jab” é o conteúdo gratuito que gera valor e reforça sua marca. E o “right hook” é a hora de vender. O que todo empreendedor quer.

“Quando você gera mais valor do que o mercado, o cliente não tem outra escolha senão comprar de você.”

Mairo já atingiu a marca de 40 mil alunos, desde que começou, em 2014. Tem 1,5 milhão de inscritos em seu canal do YouTube, mais de 2 milhões de curtidas no Facebook e 1 milhão de seguidores no Instagram.

É nesses canais que Mairo compartilha conteúdo de qualidade e gratuito o ano todo, entre vídeos, podcasts e ebooks.

Conteúdo gratuito 361 dias por ano, e 4 dias de vendas por ano.

4) (BÔNUS) Por que você faz o que faz?

As três estratégias anteriores só vão funcionar, segundo Mairo, se você souber uma quarta estratégia “secreta”, que ele compartilhou no Fire.

Consiste no que ele chamou de “why” (em inglês, por que). Por que você faz o que faz?

“Não é só uma frase bonita para impressionar os outros. É algo que está bem dentro. Esse porquê de verdade é que vai fazer você aguentar todos os problemas do empreendedor.”

Ele ressalta que é muito difícil empreender. “Você vai passar por muito pepino, muito problema, e se você não tiver esse porquê maior… Na realidade, não é só um porquê. Normalmente, tem vários porquês. Na palestra eu dei o meu porquê maior, que é o que segura tudo. Se tudo desabar, tem aquele porquê lá.”

Todo empreendedor, ele lembra, quando começa um negócio, quer ganhar dinheiro. E não há nenhum mal nisso. Mas quando a empresa vai crescendo e aumentam os problemas e desafios, é exatamente esse porquê que serve de porto seguro.

Você tem que ter alguma base para se segurar, para não cair. E é importante você saber o porquê real, não a frase bonita que você fala para os outros.

Ajudar as pessoas acima de tudo, para o professor, deve ser o maior objetivo de um produto. “Não pensa que vai empreender porque vai ser mais fácil. Vai ser muito mais difícil do que trabalhar para alguém. Mas os benefícios valem muito a pena. Para você, para seus funcionários e para os seus clientes.”

Eu acredito que através do empreendedorismo você realmente gera o bem para a humanidade, em diversas esferas. Só que você tem que trabalhar bastante.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *