Empreendedorismo social: lucro e desenvolvimento juntos

Você já pensou em juntar transformação social com lucro em uma empresa? Esse é o propósito do empreendedorismo social que tem se popularizado no Brasil e no mundo. São negócios que lucram com a resolução de problemas sociais através da venda de produtos ou serviços.

Essa ideologia foi estabelecida pelo indiano Mahammad Yunus, que criou o banco de microcrédito chamado Grameen Bank. Junto a ele, os empreendedores sociais são aqueles que objetivam desenvolver modelos econômicos sustentáveis e que são capazes de deslocar o equilíbrio social e financeiro rumo aos beneficiários-alvo.

empreendedorismo social
Atitudes sustentáveis são os pilares do empreendedorismo social

Ao contrário das Organizações Não Governamentais (ONGS), as empresas sociais buscam soluções para problemas por meio de suas atividades principais, ajudando a combater a pobreza, diminuir a poluição e a desigualdade econômica, por exemplo.

Ter a responsabilidade social como um dos pilares da empresa já está quebrando muitos paradigmas e ajudando a transformar realidades. Os principais setores para empreendimentos sociais são:

  • Educação;
  • Finanças Sociais;
  • Saúde;
  • Tecnologia;
  • Meio ambiente;
  • Recursos Humanos.

Diversas instituições têm fomentado esse novo modelo de negócio. A organização internacional Artemisia, a Ashoka, pioneira no campo da inovação social, e a Fundação Schwab, responsável pelo prêmio Empreendedor Social no Brasil, são exemplos de órgãos que estimulam o desenvolvimento destes negócios.

Mas, será que é possível conciliar lucro com desenvolvimento social?

Case de empreendedorismo social

O vencedor do Prêmio Empreendedor Social 2017 foi Valdeci Ferreira, que lidera a Fbac, federação que congrega as Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (Apacs). Seu objetivo é proliferar a metodologia de ressocializar os presos – que se propõe a recuperá-los, protege-los da sociedade e promover a justiça restaurativa.

O método é composto por 12 elementos, como por exemplo, valorização humana, assistência jurídica, trabalho, mérito, família e o princípio de recuperação mútua.

Já passaram pelas Apacs, unidades prisionais humanizadas, mais de 33 mil condenados. O método adotado por elas, inclusive, já está sendo aplicado em 19 países e resulta em até 28% de reincidência, ao contrário dos 85% no sistema prisional comum.

. Eventos de empreendedorismo feminino em 2018

Se você se interessou pelo caso de sucesso de Valdeci Ferreira e quer criar uma empresa com impacto social, confira as dicas a seguir!

Dicas para ser um empreendedor social

Em primeiro lugar, identifique um problema a resolver, afinal empreendedores sociais são aqueles que criam negócios para solucionar problemáticas que interfiram na sociedade. Depois, pesquise quais são as necessidades do seu público alvo.

Energia sustentável
Buscar fontes de energia sustentáveis é um caminho para os empreendimentos sociais

Estude o mercado para verificar se possui público em potencial para usufruir de seu produto ou serviço. Depois, desenvolva um modelo e plano de negócios. Para montar uma empresa social, é preciso ter em mente que o seu modelo de negócio cria condições de sustentabilidade.

Planeje-se financeiramente também. Negócios sociais até podem iniciar os serviços com doações, mas isso deve ser momentâneo. Não esqueça de formalizar-se juridicamente e arcar com todos os tributos e impostos cobrados.

Antes de iniciar sua operação para valer, faça pilotos para testar qual a melhor estratégia de sua atuação! Por último, crie uma cultura organizacional forte. Você pode até começar seu empreendimento social sozinho, mas para alavanca-lo é preciso de colaboradores que compartilhem dos mesmos pilares da empresa.

É fundamental que todos tenham definido onde se espera chegar e quais são as responsabilidades de cada um. Não esqueça de determinar o impacto social como o pilar de seu negócio, junto com uma cultura de resultados amplos na Gestão.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *