Empreendedor tem férias? Saiba como planejar

O momento de tirar férias é um dos maiores problemas enfrentados pelos empreendedores. Fica sempre aquela pergunta: “quem vai cuidar do meu negócio?”. Isso piora quando as férias não são remuneradas — um dos benefícios da CLT. Resultado: muitos acabam protelando para sempre o período de descanso.

Lembre-se, no entanto, que o merecido descanso é fundamental para recarregar as energias. Saiba que o empreendedor também tem seus limites físicos e mentais, e é essencial respeitá-los. O período pode ser utilizado para conhecer novas oportunidades de negócios e ter tempo para se dedicar a cursos que permitam a reciclagem.

Também é um bom momento para retomar hobbies e se dedicar a outras atividades que não tenham a ver com o seu trabalho. Quando voltar ao batente, depois das merecidas férias, vai estar com o cérebro pronto para outra. Será mais produtivo e criativo.

Ter um momento de pausa resulta em uma série de ganhos físicos e mentais.  Eles podem impactar diretamente o seu negócio, Confira como:

⇒ Mais saúde e qualidade de vida;
⇒ Estímulo para a criatividade;
⇒ Melhoria na capacidade de planejamento;
⇒ Energias renovadas para o trabalho;
⇒ Disposição para tentar novas ideias e projetos.

Mas, afinal, como deve ser a preparação para esse momento? A seguir, veremos algumas orientações para que as férias ocorram da forma mais tranquila possível.

 

Empreender férias
Férias são fundamentais para recarregar as energias

Dicas para empreendedores planejarem férias

Escolha períodos de baixa demanda
O empresário deve usar a seu favor o ciclo de baixas demandas de seu negócio. Para reduzir as chances de perdas, é recomendável que ele opte por sair de férias nesses períodos, quando sua empresa tem menos movimento de serviço ou vendas. Conforme o setor de atividade, algumas épocas do ano são mais fracas para os negócios. Em janeiro, por exemplo, alguns setores registram baixa, principalmente porque vem depois do período de alta temporada de gastos do consumidor com as festas de fim de ano.

Divida as férias em períodos curtos
Não é bom para o negócio o empresário se ausentar por períodos longos. Um mês pode ser muito. A volta à rotina tende a ser mais dura e a possibilidade de ocorrer algum problema é maior. O ideal é dividir o descanso anual e sair em períodos curtos, de uma ou duas semanas, no máximo. Assim o empreendedor ainda consegue acompanhar o fechamento do mês e estar presente quando há necessidade de tomadas de decisões.

Agende suas férias
Definir a data e destacar o período de ausência em um calendário visível na mesa de trabalho são formas de se organizar e se comprometer com o período de recesso. Isso evita que o empreendedor agende compromissos durante seu período de férias. Como algumas reuniões e visitas a clientes são agendadas com antecedência, é importante ter ao alcance dos olhos os dias de afastamento da empresa. Isso para não confirmar presença em eventos dos quais não poderá participar.

Programe-se financeiramente

Organize seu fluxo de caixa
Principalmente se você é um empreendedor solitário, o fluxo de caixa da empresa depende de você. Tento uma equipe de vendas ou não, prepare-se para esse período de recesso. É como fazer uma reserva para os dias em que você não poderá fechar negócios.

Comunique suas férias com antecedência
É importante que todos que tenham contato com a empresa saibam com antecedência o período em que o empresário estará afastado do negócio. O contador pode ser avisado com um mês de antecedência, para agilizar as contas a pagar. Para clientes e fornecedores, 15 dias são suficientes para resolver ou direcionar solicitações em andamento. As reuniões de rotina podem ser aproveitadas para fazer o comunicado.

Faça uma lista de tarefas
Um mês antes do início das férias, o empresário deve fazer uma lista com todas as tarefas a serem concluídas ou encaminhadas até a data de sua saída e as pessoas responsáveis por elas no período de ausência. Ao final de cada semana, a lista deve ser revisada para eliminar o que já foi realizado e anotar atividades que surgiram ou foram esquecidas inicialmente.

Prepare sua equipe para suas férias

Distribua as atividades
Na hora de delegar as tarefas, é preferível que o empresário não sobrecarregue uma pessoa com todas as suas funções. É melhor distribuir as atividades entre a equipe. O empreendedor pode deixar um passo a passo por escrito, mas é imprescindível que ele ensine pessoalmente como executar o trabalho. Não é recomendável contratar alguém apenas para fazer a substituição da função.

Mantenha-se conectado ao negócio
Mesmo em férias, o empreendedor não pode abrir mão totalmente de seu negócio. É importante deixar um número de celular à disposição da empresa e separar um curto período do dia – 30 minutos ou uma hora – para ler e limpar a caixa de e-mails. Apenas e-mails de extrema importância devem ser respondidos.

Seja flexível durante todo o ano
Pensar no trabalho de seus funcionários durante todo o ano fará com que os mesmos não fiquem sobrecarregados e tenham diminuição de produtividade. Seja flexível ao combinar horários e dê liberdade para que os funcionários apresentem sugestões. Por exemplo, procure ser flexível com idas ao médico, interações com os filhos e oportunidades de melhor aproveitamento de feriados. São pequenas ações que podem oferecer relaxamento ao funcionário durante o ano e melhorar seu comprometimento com a empresa.

E você, já começou a planejar suas férias?

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *