E-commerce: como aumentar as vendas em 2019

Comprar online é uma tendência que ganha força ano a ano entre os consumidores. De acordo com a empresa de pesquisa de mercado eMarketer, até 2021 devem ser alcançados cerca de USD 4,9 trilhões em vendas globalmente no segmento de e-commerce, representando 17,5% do total de transações no varejo.

O aumento da demanda por vendas online está atrelado à atual facilidade ao acesso à internet e a popularização dos smartphones.

ecommerce como aumentar vendas em 2019

Deste modo, os consumidores estão cada vez mais alertas em relação às ofertas e em busca de atendimento personalizado.

Por isso, é fundamental criar estratégias consistentes para impulsionar as vendas e superar as expectativas dos clientes em 2019.

Inbound Marketing

O Inbound Marketing é uma tendência que já está sendo adotada por muitos empreendedores no Brasil.

Segundo números da Associação de Marketing Promocional (Ampro), em 2016, o marketing integrado gerou R$ 43,9 bilhões às empresas brasileiras.

E a expectativa é de que esse número suba 62% até o fim de 2019.

O marketing digital traz consigo o conceito de persona, que pode ajudar os lojistas, por meio de pesquisas, a encontrar um perfil detalhado de seus consumidores.

Assim, as estratégias serão direcionadas ao público correto e que realmente deseja consumir o produto ofertado em sua loja.

É importante começar a incorporar estes conceitos em seu negócio. Caso contrário, há risco de não atingir clientes que se encaixem em sua proposta, o que impactará nas vendas e na fidelização.

Ferramentas para automação

Investir em ferramentas para automação e modernização de gestão é uma forte tendência no mundo corporativo.

Esse tipo de recurso garante que sua loja virtual possua novas soluções para otimizar o atendimento, reduzir custos operacionais, aumentar a produtividade e, consequentemente, obter melhores resultados em vendas.

Um exemplo é investir em uma ferramenta de gestão mais robusta e que tenha integrações de automação, com recursos que permitem a otimização de e-mail marketing, ERP e logística, entre outros.

Esta adesão traz ao trabalho mais precisão e oferece margem para que a equipe fique focada em assuntos prioritários, como a qualidade do atendimento ao cliente.

Outro recurso de gerenciamento muito utilizado é o WhatsApp Commerce.

Este recurso pode ser integrado à loja virtual para que o cliente possa realizar o envio de notificações, pagamentos e emissão de pedidos que serão encaminhados automaticamente ao cliente final.

Processos como estes simplificam a rotina do seu negócio e garantem maior produtividade, qualidade e rapidez no atendimento.

Atendimento ao cliente

O suporte ao consumidor é imperativo para garantir a fidelidade dos clientes.

Um estudo recente sobre experiência do cliente no Brasil, intitulado CXTrends, indica que 55% das empresas não estão satisfeitas com o atendimento que oferecem a seus clientes, resultado que diminuiu em relação a 2017.

Hoje já existem diversas ferramentas focadas em atendimento que fornecem assistência via e-mail, chat e mídias sociais, entre outros.

Uma dica é realizar a análise contínua do atendimento prestado. Assim é possível avaliar os pontos que podem ser melhorados e oferecer um suporte ainda mais personalizado ao cliente.

Fique atento e não deixe de seguir estas tendências para agregar valor ao seu negócio, aumentar a produtividade da equipe, vender mais e consolidar sua marca no mercado.

*Artigo escrito por Adriano Caetano, VP de estratégia na Nuvem Shop, plataforma de e-commerce líder na América Latina.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *