Como ele encontrou no riso uma forma de lucrar

Ele é advogado e tem mais de 28 anos de experiência em multinacionais, em cargos de gestão. Mas sabe como ele empreende hoje? Fazendo as pessoas rirem. Na Feira do Empreendedor 2018, batemos um papo animado com Marcelo Pinto, mais conhecido como Doutor Risadinha.

De advogado trabalhista, Marcelo passou a “Palestrante do Bom Humor” e autor do livro “Sorria, você está sendo curado”. Hoje, ele prefere ser identificado como um  “funcilitador” em treinamentos para inserção da alegria e descontração no ambiente de trabalho. Marcelo desenvolveu seu próprio método, o Método S.M.I.L.E, e investiu em algo que acreditava para criar seu próprio negócio.

“Eu identifiquei na risada uma oportunidade de negócio excelente, porque eu notei que as pessoas estão rindo cada vez menos. As pessoas têm vergonha de rir. São crenças limitantes que acabam fazendo com que o riso vá adormecendo. E são tantos benefícios que o riso proporciona, não só para a nossa saúde mas para os nossos relacionamentos pessoais e profissionais, que eu não podia deixar passar batido uma oportunidade dessa”, contou.

Ele explicou que em países da Europa e nos EUA, essa cultura do riso é amplamente aproveitada. “E logo aqui no Brasil, um país caloroso, quente, divertido e bem humorado, as pessoas têm vergonha de rir.” A partir disso, Marcelo resolveu se dedicar a quebrar essas crenças limitantes. Virou um defensor declarado da máxima “rir é o melhor remédio”. Mas ele acrescenta: “E também o melhor negócio”.

Um advogado ensinar a rir?

Quem diria que seria possível empreender com um produto como o riso? Quando se ouve a ou lê a notícia de que ele criou um negócio com um serviço tão inusitado, as pessoas podem não acreditar. Por isso, Marcelo lembra que é preciso perder o medo. De uma ideia considerada maluca ou inusitada pode, sim, nascer uma boa oportunidade de negócio.

“Se você não colocar em prática sua ideia, com certeza o concorrente vai por. Então, saia na frente. Faça diferente. Não precisa ter vergonha. Ponha para fora, realize o seu sonho. Imagine eu, um advogado, ensinar a rir? As pessoas falam ‘você é louco’, ‘você vai perder a seriedade’. Mas, não tem nada a ver. As pessoas confundem muito seriedade com sisudez. Você pode ser uma pessoa séria e bem humorada. Não precisa ter uma cara fechada, que você só vai afastar as pessoas de você”, indica.

Uma dica: está com vergonha? Dá uma boa gargalhada.

Riso responsável

Marcelo Pinto é considerado um dos maiores propagadores dos benefícios que o riso e o bom humor proporcionam à saúde e ao desenvolvimento pessoal e profissional. Ele se dedica a levar para o segmento de palestras corporativas sua experiência adquirida ao longo de quase 30 anos no mundo corporativo e no movimento mundial dos Clubes do Riso.

Atende a eventos abertos e in company (em empresas). Já palestrou em associações de classe, universidades, fóruns, feiras, congressos e convenções, de instituições públicas e privadas. Para Marcelo, sua missão é propagar os benefícios do que ele chama de “riso responsável”.

“As pessoas fazem muita confusão com o bom humor positivo e o que eu chamo de bom humor negativo. O riso responsável é aquele riso que você ri com as pessoas e não das pessoas. Aquele riso que você não faz o outro de motivo. Você ri junto, é o riso compartilhado. E hoje em dia o que as pessoas mais fazem é o contrário. Usar o outro de motivo da sua risada, com piadas preconceituosas e apelidos pejorativos”, explica.

Em suas palestras, Marcelo prega os seguintes valores:

Respeito pelas pessoas: “o riso com permissão” e “rir com as pessoas e não das pessoas”;

Instrução sobre os benefícios do riso;

Solidariedade com o bem-estar do próximo;

Otimismo pela vida – “ria de si mesmo”.

Riso e lucro: qual a relação?

Mas, você deve estar aí pensando… Discurso muito bonito, alegre, e de onde vem o lucro? Como o negócio prospera? Qual a relação do riso com o lucro? Foi isso que perguntamos ao Doutor Risadinha. A resposta dele foi:

Tem um ditado japonês que fala: o riso abre o bolso. Se você entra em uma loja, se depara com dois vendedores, um te recebe sorridente e outro com uma cara sisuda. Para que lado você vai?

Por isso que o slogan usado pelo Doutor Risadinha é “sorria e tenha um bom e lucrativo dia”. “Eu acredito que quando você começa o seu dia com o pé direito e bem humorado, a probabilidade de você acabar bem o seu dia é muito maior”, finaliza.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *