Capital semente: o que é e como conseguir um

Está pensando em abrir um negócio, mas não tem dinheiro para investir nele? Então você precisa conhecer o capital semente, que é um investimento a longo prazo preparado para receber fundos. Essa aplicação está acima do investidor anjo, além de poder aplicar até R$5 milhões em empresas que estão começando.

O dinheiro aplicado tem como objetivo cobrir as despesas da instituição que está começando, realização de pesquisas de mercado, captação dos recursos humanos e também o desenvolvimento do produto que será fabricado. Além da finalização do comércio em si.

Capital semente é um tipo de investimento
Capital semente é um investimento de longo prazo

O capital também deve ser usado para garantir a estabilidade da organização até que a mesma torne-se sustentável. Ou seja, até que ela comece a ter retorno do investimento que foi depositado.

Agora que você já sabe o significado do capital semente, é preciso descobrir quem poderá ser o seu investidor. O dinheiro depositado na conta pode vir por meio de doação da família e amigos. E até mesmo de desconhecidos, porém é necessário que eles tenham confiança em você e na sua empresa.

As startups são as que mais recebem o investimento de capital semente, por estarem envolvidas em projetos que buscam melhorar ou resolver problemas do cotidiano da população.

Os riscos do capital semente

Para aqueles que têm interesse em investir, seja em uma startup ou em uma empresa nova, existem riscos que podem trazer prejuízos aos empresários que aplicaram, na maioria das vezes, uma quantia alta no empreendimento.

Um desses riscos é que não há garantia de retorno por parte de quem recebeu o dinheiro. E para não perder muito dinheiro, os investidores costumam captar os recursos de outro investidores e distribuí-los em diversas empresas que estão iniciando os seus projetos.

Outra forma de aplicar o capital é em instituições que já possuem ofertas definidas, além de alguns clientes. Diante deste exemplo, o investimento é feito para aumentar a estrutura, a produção e consumo do que é produzido pela empresa.

Como conseguir um capital semente

Ficou interessado no investimento de capital semente e quer saber como conseguir o dinheiro? Primeiro é preciso ter uma ideia que atraia os investidores.

Além disso, também será necessário ter uma boa argumentação para conseguir  convencer os empresários que têm interesse na empresa. Outro fator importante é procurar por possíveis investidores que tenham interesse na área em que você quer empreender.

capital semente
O capital semente é dividido em três etapas

Para os empreendedores que estão começando a abrir uma empresa, é importante lembrar que para solicitar um investimento é  necessário apresentar uma proposta. Ao marcar um encontro com o investidor, leve um modelo ou protótipo de como a empresa irá funcionar.

Apresente também quais serão os problemas que você pretende resolver com o negócio e como a instituição será apresentada ao mercado.

E não há forma melhor de procurar pessoas que possam doar recursos do que fazendo networking. Faça isso nos eventos, realizados durante o ano, para empreendedores e startups. Assim as chances de encontrar um investidor aumentam, além de você poder conhecer pessoas que também estão começando a empreender.

Principais etapas do capital semente

As etapas para garantir o fundo de capital semente são três. Investimento, aceleração e desinvestimento. Conheça cada uma dessas etapas e a importância para a organização.

  • Investimento: a instituição recebe o dinheiro necessário para começar sair do papel. A etapa dura aproximadamente entre quatro meses e um ano.
  • Aceleração: a instituição começa a se tornar lucrativa, recebendo apoio e benefícios de alguns serviços.  As empresas aceleradoras investem e ajudam no desenvolvimento dessas organizações.
  • Desinvestimento: momento em que o fundo se torna  sócio da empresa até que a mesma passe a da lucro e, assim poderá ter a parte do investidor vendida para sócios da empresa.

3 empresas para pedir o capital semente

Pensou que já sabia tudo de capital semente, certo? Errado. Existem diversos programas de incentivo no Brasil por meio do governo federal. O estímulo que as autoridades públicas dão são para micro e pequenos empreendedores.

Conheça quais são os programas de incentivo ao capital semente:

Criatec: criado por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento  Econômico  e Social (BNDES), o Criatec apóia as organizações voltadas para a tecnologia, distribuídas em diversas áreas. O programa está na segunda versão e terá um investimento de R$186 milhões, não podendo ser aplicado mais de R$6 milhões em apenas uma empresa.  O criatec2 tem duração prevista para 10 anos.

Finep: a Financiadora de Estudos e Projetos  oferece apoio a micro, pequenas e até mesmo grandes empresas. A agência do Ministério de Ciência e Tecnologia possui dois tipos de financiamentos: o direto e o indireto . Além disso a Finep também possui programas de investimento como o Projeto Inovar e o Finep Startup.

Start-Up Brasil: é o Programa de Aceleração de Empresas de Software e Serviços de Tecnologias da Informação, funciona por edições que tem duração de apenas um ano. A cada 12 meses são divulgados três editais, sendo dois semestrais para as startups e um para as aceleradoras.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *