Camilo Coutinho: como criar vídeos que vendem

Você já usa os vídeos na sua estratégia de marketing? No RD Summit 2018, conversamos com o palestrante Camilo Coutinho, que ajuda pessoas e empresas a melhorarem seus resultados e conversões através dos vídeos online. Ele deu algumas dicas para quem quer criar vídeos que vendem.


Por que investir em vídeos?

Camilo começou sua palestra com uma provocação: “Por que vocês ainda não estão vendendo com vídeos?”. O vídeo marketing já é usado por muitas empresas, mas ainda há uma grande parte delas que subestima o poder desse recurso.

Afinal, por que investir em vídeos? Camilo explica que o vídeo tem uma conversão 1.200% maior do que um blog post ou uma foto. “Isso não sou eu que estou falando, é a Brightcove, que fez uma pesquisa bem extensa em 2017. Ela vem fazendo essa pesquisa, e a última que saiu trouxe isso: 1.200% mais conversão.”

Ele também lembra que uma landing page tem sete vezes mais força quando possui um vídeo.

“Eu não quero ser o cara que dita as regras, mas eu estou mostrando o mundo que talvez você esteja perdendo aí porque está com vergonha ou porque acha que ainda é brincadeira. Ou porque ainda não entendeu o verdadeiro poder dos vídeos online.”

Como começar a criar vídeos que vendem

Para criar vídeos que vendem, Camilo explicou as três fases do processo:

1) Antes – Envolve a pesquisa de palavras-chave e título, definição do propósito, planejamento e estratégia do vídeo.

2) Durante – É o momento mão na massa, quando você escolhe os equipamentos e faz a gravação.

3) Depois – Está relacionado à otimização dos vídeos, um dos passos mais importantes.

O especialista em vídeo também elencou os principais pontos com os quais você deve ter atenção ao produzir seus vídeos com foco nas vendas:

1) Conteúdo – Não seja um “depositube”, apenas colocando qualquer vídeo no seu canal. Os conteúdos devem ser pensados e bem planejados.

2) Pesquisa – Descubra o que e como as pessoas estão pesquisando os temas.

3) Fluxo – Como você é encontrado, ou seja, como as pessoas conseguem chegar até você.

4) Conteúdo – Comece pequeno para crescer rápido.

5) Otimização – O trabalho continua depois que acaba a edição.

A otimização é feita para que seu vídeo seja encontrado mais facilmente pelos motores de busca do YouTube e Google. Assim, você fica bem posicionado nas listas de resultados quando as pessoas buscam os termos-chave para o seu negócio.

“O mais importante da otimização é você ter o seu conteúdo falando a mesma língua da otimização. O que acontece é que muita gente publica um vídeo e na busca desenfreada por visualizações, acaba postando tags e títulos muito chamativos, mas que quando eu entro no vídeo, não tem nada a ver. Isso é uma das piores coisas que você pode fazer com seu vídeo. As pessoas chegam no seu vídeo por algo que leram no título, e seu vídeo não tem nada daquilo. Esse é o maior cuidado que você tem que ter.”

Entenda o que sua audiência quer

Uma dica importante de Camilo Coutinho é entender o que sua audiência quer. “Não é o que você quer falar, mas o que as pessoas querem consumir.”

Esse, segundo ele, é o primeiro passo para produzir vídeos que vendem. “Segundo, começar a gravar. Terceiro, fazer, quarto, fazer, quinto, fazer, e até o 100, fazer.”

Camilo explica que, diferentemente de conceitos que aprendemos desde criança, os vídeos não foram ensinados e incluídos na nossa rotina desde cedo. Talvez por isso muito gente tenha dificuldade de fazer vídeos.

“O vídeo é diferente do texto, que a gente teve a professora Marilda de Português para ensinar a escrever. Ou o Instagram, que a gente faz arte porque a gente teve a professora Ana Lúcia quando era criança. Com o vídeo a gente não teve ninguém. Então, eu quero ser o Camilo, seu professor de vídeo. E para isso é aprender, exatamente como criança. É um processo.”

Para ele, a melhor maneira de aprender a fazer vídeos é fazendo. “Isso vai doer, você vai precisar fazer, vai precisar falar para o espelho, entender como mexe o olho, a boca, qual a postura que você tem que ter. É normal que isso leve um tempo. Então, é importante você pensar bem nisso: tem que fazer para que você possa ir melhorando com o tempo.”

“Você precisa dos inscritos certos”

Camilo Coutinho no palco principal do RD Summit 2018

Na palestra, Camilo compartilhou um case real de sua agência, a Double Play. Um caso de uma profissional que vendia palmilhas ortopédicas personalizadas. Apenas com o trabalho de otimização dos vídeo do canal, sem sequer produzir novos conteúdos, ela começou a receber pedidos e gerar vendas da audiência do YouTube.

“Eu gosto de trazer cases mais reais, de micro, pequenas e médias empresas, porque a pessoa pode sair da minha palestra já aplicando isso, sabendo como fazer. Eu gosto de cases que tenham realmente mão na massa. Que fazem esse conteúdo chegar nas pessoas e converter.”

O trabalho da Double Play é levar toda a audiência e todos os possíveis clientes para as empresas que a contratam. E o trabalho dessas empresas é, do outro lado, receber esses potenciais e vender. “É um trabalho a quatro mãos”, explica Camilo.

Quando você vai fazer um vídeo, não adianta você cair no erro de fazer um vídeo e ficar esperando ele vender. Isso nunca vai acontecer. É a mesma coisa que você fazer uma boa vitrine no shopping e não abrir a porta para as pessoas entrarem. 

Por isso, é importante que você faça o vídeo, mas que você também tenha a porta aberta para as pessoas comprarem. “Ou seja, uma boa landing page, um bom canal de venda, via telefone, e-mail ou o que for.”

No case apresentado no RD Summit, por exemplo, o canal tinha pouco mais de 400 inscritos. E já vendia. Isso serviu para mostrar ao público que não se deve pensar cegamente em aumentar o canal em quantidade. O que você deve olhar é a conversão.

O que mais importa, segundo Camilo, é a qualidade dos seus inscritos para o seu negócio e se eles estão convertendo. “Você não precisa de um milhão de inscritos para vender; você precisa dos inscritos certos.”

Tendências do uso de vídeos

Camilo se dedica aos vídeos há mais de dez anos, sempre buscando as últimas tendências, inclusive no exterior. Recentemente, ele esteve nos Estados Unidos justamente para isso.

Segundo ele, a principal tendência para os próximos anos é o conteúdo direcionado por dados. “Cada vez mais você vai entender que os nichos são muito mais atrativos do que o conteúdo mainstream [aquele que agrada à maioria da população, um conteúdo que é usual, familiar e disponível à maioria].”

Por isso, é muito importante achar seu nicho e apostar nele. Por exemplo, se você tem uma empresa de maquiagem e quer criar um canal de maquiagem no YouTube. Já existem 490 mil canais de maquiagem, por que vão seguir você e assistir aos seus conteúdos?

“As métricas, mais do que nunca, vão começar a guiar os criativos. Eu não sou criativo porque eu tive a ideia, eu sou criativo porque os dados me ajudaram a ter esses insights. Quem aprender isso, quem perder o medo do Excel, como eu mostrei na palestra, vai sair na frente criativamente.”

Por último, ele destacou a pesquisa por voz como uma forte tendência. “A próxima fronteira que se fala é a voz. Não só o podcast, que no Brasil está bombando cada vez mais, mas o conteúdo de busca por voz. Isso inclui o vídeo, lógico, que além de imagem tem voz. É muito provável que a gente veja uma ascensão da busca por voz também em vídeo.

Sobre Camilo Coutinho

Camilo CoutinhoEspecialista em vídeos online, com mais de 10 anos de experiência, Camilo Coutinho é idealizador do canal Play De Prata no YouTube. Lá, ele disponibiliza vídeos semanais de forma gratuita, sobre criação, produção e otimização de vídeos para pessoas e empresas.

É autor de diversos cursos online e viaja o país realizando palestras e treinamentos. Em 2015, Camilo criou o Upload Day, um evento de criador para criador, para falar de vídeo, criatividade e conteúdo.

Na Double Play, ele e sua equipe oferecem consultoria, treinamentos personalizados e conteúdo criativo. Entre os serviços estão Planejamento de Conteúdo, Otimização de Vídeos, Consultoria de Canais do YouTube, Criação de Thumbnails, Treinamentos para Empresas, Palestras, Legendagem, Identidade Visual e Cursos Online.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *