André Siqueira: trajetória e crescimento dos eventos da RD

Se você trabalha com marketing ou se mantém informado sobre o assunto, com certeza já ouviu falar da Resultados Digitais, mais conhecida como RD. Ela é uma das maiores empresas de marketing do Brasil e líder na América Latina.

No RD on the Road, um evento itinerante de marketing digital e vendas organizado pela RD, conversamos com André Siqueira, um dos co-fundadores e o nome por trás do Marketing da Resultados Digitais.

Para André Siqueira, ser o co-fundador de uma empresa que hoje é uma das maiores referências de marketing digital do Brasil é uma mistura de sentimentos.

“Ao mesmo tempo que é gratificante, é muito realizador. É ver o impacto concreto de tudo que fazemos. Tanta gente vem nos nossos eventos, no Brasil inteiro.”

O RD on the Road é um evento itinerante que em 2018 passa por nove cidades brasileiras, além de Bogotá e Cidade do México. As 11 edições somam mais de 6 mil participantes, mais de 100 palestras e um total de 55 horas de conteúdo.

“Apesar de já termos feito muita coisa, nos sentimos ainda começando. Há muita coisa ainda por construir. Sabemos que tem a possibilidade de aumentar mercado e fazer um produto ainda melhor.”

A plataforma RD Station

A Resultados Digitais é conhecida hoje no mercado por oferecer o software RD Station. Consiste em uma plataforma que ajuda milhares de empreendedores a gerenciar clientes, cuidar melhor das vendas e, inclusive, melhorar resultados.

Para André Siqueira, é importante dentro da RD esse senso de propósito. “As pessoas entendem que não estão lá dentro só para nós crescermos ou para ganhar dinheiro. Tem uma missão por trás disso, que é ajudar empresas a crescerem. E extrapolando isso, ajudar o próprio país, a comunidade ao redor dessas empresas.”

Ele revale que é justamente por isso que gosta de estar nos eventos. É quando vê de perto essa ajuda sendo consolidada.

O André Siqueira empreendedor

Muitas pessoas acreditam que é preciso abrir uma empresa para empreender. Mas a trajetória de André Siqueira mostra que é possível se destacar como um empreendedor mesmo sendo funcionário. É o que chamam de intraempreendedorismo.

Para André, todo mundo pode empreender, mesmo sem ter um negócio próprio. “A essência do empreender é não aceitar o status quo. É não aceitar que é assim porque sempre foi assim. É ver uma possibilidade e correr atrás para aquilo acontecer.”

Ele explica que uma das maiores barreiras para quem empreende dentro de outra empresa é que já existe um sistema e pessoas, não é uma página em branco. “Às vezes é difícil, porque você vai se deparar com alguns obstáculos, mas o importante é não desanimar.”

Segundo André Siqueira, o “espírito empreendedor” deve ter o seguinte perfil:

– testa ideias novas;

– quer resolver um problema;

– não se contenta com algo que está ruim.

“A melhor maneira de começar a empreender é dentro de outra empresa. E um funcionário empreendedor sempre vai estar bem. Porque ninguém quer perder esse funcionário.”

O bom profissional de marketing

Especialista em Marketing Digital, André Siqueira acredita que um bom profissional dessa área deve ter, acima de tudo, capacidade de aprendizagem.

“Falamos de um cenário onde algumas coisas são as mesmas, a base, mas na hora de ir para a prática, tudo está mudando o tempo inteiro. Um canal que funcionava já não funciona mais. Uma ferramenta que era gratuita passou a ser paga. É um quebra-cabeça que está o tempo todo em transformação.”

Por isso, para ele, a capacidade de aprender, e até de desaprender, é o principal. Além disso, André defende que precisa haver uma combinação entre arte e ciência.

“Você precisa entender a arte, no sentido de conhecer as pessoas. É psicologia. O que leva uma pessoa a agir, quem é meu cliente, o que ele consome, qual a melhor forma de fazer ressoar uma mensagem nesse cliente. Mas tem muito de ciência também. A partir do momento em que eu identifiquei, como eu testo minha performance? Que ajuste pode ser feito? Uma análise de números, de fato.”

Melhores práticas de marketing

Para André, o ponto principal hoje é a relação com a informação. “Saímos de um cenário onde a informação era extremamente escassa, quando dependíamos muito do vendedor. E hoje partimos para um cenário de informação abundante. E o que vai funcionar melhor é a qualidade da informação que eu crio.”

Ele lembra que hoje qualquer empresa pode se posicionar como um canal de informação. Um blog, um canal, uma rede social, enfim, que seja interessante para os potenciais clientes. “É isso que vai fazer com que eles venham até mim.”

Planos para o futuro

André revela que, quando o assunto é o futuro da RD, ele e o time são bem ambiciosos. “O primeiro movimento que temos feito é o de expansão internacional. Estamos passando dos 400 clientes fora do país e já temos hoje uma base no México e outra na Colômbia.”

A ideia é até o final do ano ter também bases em Portugal e na Argentina. Além disso, eles pretendem reforçar o posicionamento da RD como um grande hub, lançado no RD Summit 2017.

“É a RD como um ponto de encontro de tecnologias, como um grande hub. Essa é uma visão que temos avançado ao longo deste ano, e devemos avançar também nos próximos. Como casamos melhor diferentes produtos e integramos melhor diferentes tecnologias.”

E um terceiro investimento é o crescimento do evento RD Summit, que já virou encontro marcado para os profissionais de marketing de todo o país. “Esse ano estamos em negociação com ótimos palestrantes. Dá para prometer que vem uma galera muito boa. Temos conseguido subir de nível ano a ano.”

Esse é considerado o maior evento de marketing digital e vendas da América Latina, e a edição 2018 está marcada para os dias 7, 8 e 9 de novembro. Os ingressos já estão à venda.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *