O que é e como fazer análise de risco

Fazer análise de risco é evitar que algo dê errado. Acima de tudo, é prever falhas e ter sempre um plano de ação já elaborado para possíveis erros e imprevistos. Ter essa visão já estabelecida é essencial para os rumos de uma empresa, pois evita que se perca o controle da situação, e quando isso acontecer será fácil de retomar.

Efetuar a análise desses riscos é também se prevenir. É saber até onde se pode ir e conseguir identificar os motivos pelos quais algo pode vir a dar errado. Percebe-se quanta coisa envolve uma análise de riscos? É possível dizer, até mesmo, que essa análise pode ser aplicada em todas as situações não só organizacional, mas também da vida.

Análise de risco vai além do ambiente organizacional

Por exemplo, já imaginou quanta coisa que já deu errado poderia ter sido evitada se tivesse feito uma análise dos riscos antes de executar? Pode ser uma ação, um romance, uma viagem, uma aventura, uma amizade, entre outros. Tudo na vida pode ser avaliado com os riscos e vantagens.

Análise de risco
Análise de risco pode prever as falhas dentro de uma empresa

No entanto, a análise de risco não deve ser encarada como um empecilho ou obstáculo e se manter para sempre estagnado sem sair do lugar. Pelo contrário! Analisar os riscos é, caso algo realmente aconteça, saber e ter como reverter a situação.

O motivo das pessoas não analisarem os riscos em situações da vida é simplesmente a falta de paciência. Uma vez que o mundo está cada vez mais ágil, parar para desenhar um plano de ação para tudo levaria muito tempo.

. Como elaborar o plano de negócios da sua empresa

A OSHA, agência do departamento do trabalho dos EUA, exemplifica o termo da seguinte forma:

A análise de risco é focada no relacionamento entre o trabalhador, a atividade, as ferramentas e o ambiente laboral.

Conheça os diversos tipos de riscos

Dentro de uma empresa, a análise de riscos poderá envolver diversos membros, sendo diretores, gestores e até mesmo colaboradores. É muito importante estar presente em reuniões para essa discussão profissionais de diversos departamentos, principalmente os que serão afetados com essa análise. Essa medida possibilita que todos estejam por dentro do que será discutido e apresentados para os tipos de riscos, como evitá-los e lidar com eles.

São diversos os tipos de riscos que podem ser analisados dentro de uma corporação. Todavia, eles variam de acordo com o tamanho do negócio, de quantas pessoas trabalham nela, além do ramo. Mas é de suma importância que todos fiquem bastante ligados e conheçam os conceitos e aplicações.

Riscos de acidente – Esse está ligado diretamente a segurança do trabalho.

Riscos gerenciais – Ocasionados por alguma tomada de decisão precipitada ou então uma escolha que não foi bem definida devido a qualificação, conhecimento dos processos ou falha de comunicação.

Riscos químicos e biológicos – Acidentes com produtos tóxicos ou negligência com uso de algum produto indevido; Qualquer ação que prejudique ou coloque em risco à saúde.

Analisando o risco: probabilidade e impacto

Home officeUma análise de risco pode ser feita de diversas maneiras. Uma delas é estabelecendo dois fatores que são primordiais para saber o grau de determinado risco: probabilidade e impacto. O primeiro avalia as chances desse risco acontecer, enquanto o outro diz como ele vai influenciar o andamento do seu negócio caso ele aconteça.

Embora todos os riscos são evitáveis, eles são classificados por grau de extremidade, pois uns são mais prováveis de acontecer do que outros. No entanto, essa escala também varia muito de acordo com o tipo de empresa que estará fazendo essa análise.

Faça um mapeamento dos riscos que foram identificados, podendo ser por meio de representação gráfica ou relatório para registrar o que possivelmente poderá acontecer no seu local de trabalho. Esse mapeamento pode reduzir o número de acidentes, precisando os perigos que cada setor apresenta.

Nesse mapeamento, coloque detalhadamente os setores e as atribuições dos cargos, além de informações básicas de funcionários que embasam a sua rotina de trabalho. Esse mapeamento possibilita identificar ainda mais possibilidades de riscos e se prevenir. É preciso envolver sempre pessoas capacitadas e qualificadas para esse tipo de análise.

. Estudo de viabilidade econômica e financeira: como fazer?

Dicas para a sua análise de risco

Identifique os possíveis riscos;

Determine a probabilidade de cada um acontecer;

Descreva o risco detalhadamente;

Classifique o risco de acordo com o grau de de impacto;

Convoque pessoas qualificadas;

Elabore um plano de ação;

Faça sempre um mapeamento;

Utilize tecnologias;

Acompanhe de perto os resultados;

Confira o resultado e determine medidas preventivas.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *