7 motivos para usar email marketing na sua estratégia

Já ouviu falarem que o email morreu? Pois saiba que ele está mais vivo do que nunca! É comum que empreendedores, quando começam suas estratégias de marketing digital, invistam primeiro nas redes sociais. Aos poucos, criam seus blogs para investir em marketing de conteúdo. Mas muitos esquecem o poder de outra ferramenta: o email marketing.

Pense bem: quantas vezes você usa o seu email para ter acesso a tudo na internet? Redes sociais, aplicativos, compras, cadastro em sites de conteúdo e notícias. Sempre está lá a caixinha pedindo seu email, não é? Não é à toa!

O email surgiu muito antes das principais ferramentas existentes hoje, mas se reinventou e agora ocupa uma posição estratégica dentro do marketing digital. Se você ainda não utiliza o email marketing, vai entender nesse artigo como ele funciona e por que investir nessa forma de comunicação.

email marketing

Por que email marketing funciona?

Para quem ainda acha que ninguém lê email, que sequer abrem as mensagens em suas caixas de entrada, separamos alguns dados importantes.

Segundo o Instituto Radicati, em 2018 serão 2,8 bilhões de usuários de email, que devem enviar e receber aproximadamente 235 milhões de mensagens por dia, entre comerciais e pessoais.

Número bastante expressivo. Mas, quer mais?

Estudo realizado pela McKinsey&Company revelou que uma campanha de email marketing é 40 vezes mais efetiva em conquistar novos clientes que ações no Facebook e Twitter.

Por fim, mas um dado sobre o uso do email marketing, se é que você ainda não está convencido.

Pesquisa da ExactTarget identificou que cerca de 91% das pessoas checam a sua caixa de entrada todo dia, colocando o email no lugar de plataforma de relacionamento mais popular na internet.

Esses dados mais do que mostram o alcance do email marketing. E se você quer atingir com tudo seu público-alvo, conquistar mais cliente e fidelizá-los cada vez mais, você precisa incluir essa ferramenta na sua estratégia de marketing digital.

O que é email marketing?

Talvez você tenha chegado até aqui sem clareza em relação ao real significado do email marketing. A verdade é que, durante muito tempo, ele foi sinônimo de spam e comunicação invasiva.

Isso se deu porque, na maioria das vezes, ele era usado somente para propagandas em versão digital. Vai dizer que você nunca ouviu falar em “mala direta”?

O email era visto como um canal de comunicação em massa. As mensagens eram enviadas automaticamente para um grande número de pessoas, sem qualquer direcionamento ou relevância de acordo com cada público.

Hoje, ao contrário, há uma preocupação maior com essa entrega. O email marketing assumiu papel de mensagem pessoal, garantindo uma comunicação direta com o consumidor.

Por que usar email marketing?

Diante disso, está mais do que na hora de você investir no email marketing dentro da sua estratégia de comunicação. A seguir, listamos sete motivos para você se convencer, de vez, a fazer isso!

email marketing 1

1. Alcance grande e previsível

Já citamos aqui dados que comprovam a quantidade enorme de usuários do email. E a previsão, segundo o Instituto Radicati, é que esse total chegue a 2,9 bilhões em 2019. Imagine quantas pessoas você pode impactar disparando um único email?

Aos poucos, por meio do cadastro, você vai criando sua própria base de contatos. Isso te permitirá interagir com um número alto de pessoas, com um custo baixo.

Além disso, esqueça o alcance imprevisível das redes sociais, por exemplo. Lá, você faz um post sem saber qual será a quantidade de pessoas impactadas. Já com o email, muito provavelmente todos os contatos da sua lista receberão sua comunicação após o disparo.

2. Segmentação

A segmentação consiste na triagem certa do seu público. Isso acontece quando, no cadastro do e-mail, você faz alguma pergunta que segmenta aquele usuário. Por exemplo por idade, interesse, região ou cargo que ocupa.

Assim, segmentando seu público, você consegue fazer diferentes comunicações, direcionadas para cada tipo de lead. Pesquisas revelaram que campanhas de email que utilizam segmentação têm uma taxa de abertura 14,31% maior que campanhas não segmentadas. O número de cliques em campanhas segmentadas também supera: 100,95% maior.

3. Baixo custo

Para fazer essa segmentação e administrar sua base de contatos, você precisará de uma ferramenta de email marketing. Hoje há várias opções no mercado, com preços e planos variados.

Essas ferramentas normalmente oferecem o modelo de mensalidade, e valor é proporcional ao número de contatos na sua base e a frequência de mensagens enviadas por mês. Costumam incluir outras funcionalidades, como: agendamento de envio, resposta automática, templates e relatórios sobre o desempenho das campanhas.

4. Forte relação com o consumidor

Como o email é tratado como uma ferramenta pessoal, quando as marcas conseguem entrar nesse meio, ganham um potencial enorme de estreitar a relação com o consumidor.

Manter esse relacionamento com seus clientes é essencial para que se tornem fiéis à sua empresa. O email marketing é uma forma da sua marca alcançar credibilidade. O cliente sempre vai preferir fazer negócios com quem conhece, gosta e confia.

Com o email sua empresa poderá compartilhar conteúdo relevante e informativo. Além de construir um relacionamento sólido com os seus clientes e futuros clientes. É uma maneira da sua marca estar no dia a dia do seu público-alvo.

5. Personalização

Sabe quando chega aquele email que parece que foi escrito especialmente para você? A personalização proporciona isso! Faz toda a diferença na comunicação chamar seu cliente pelo nome e fazer ele reparar que você sabe a cidade onde ele mora ou o que ele já comprou da sua empresa.

O consumidor não quer mais receber propagandas em massa. Ele é cativado por uma mensagem praticamente pessoal, direcionada, segmentada, personalizada especialmente para ele.

6. Análise de resultados

Com as ferramentas de disparo e gerenciamento de email marketing, é possível acompanhar os resultados praticamente em tempo real. Você consegue saber quantos emails foram entregues, quem abriu e a taxa de cliques nos links da sua comunicação.

Assim, fica mais fácil calcular seu Retorno sobre Investimento (ROI). Além disso, essa análise de resultados é fundamental para definir os próximos passos, saber o que deu certo e o que precisa ser melhorado.

7. Aumento das vendas

Sua base de contatos é formada, de início, por seus potenciais clientes. Com o email marketing você vai criar comunicações que possam transformar essas pessoas em clientes efetivos. Seja pela primeira ou pela décima vez. Isso vai depender da sua comunicação.

Sua lista de contatos é a audiência de pessoas que estão interessadas em assuntos relacionados a sua empresa. É uma audiência valiosa. E você deve criar estratégias de vendas certeiras para esse consumidor.

Você já usa o email marketing? Ou ainda não descobriu essa ferramenta potente para alavancar suas vendas? Conta aqui nos comentários!

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *